domingo, 1 de janeiro de 2012

Sou Joinville, não me sacaneiem

POR GUILHERME GASSENFERTH

Olá! Prosit Neujahr! Ou melhor, “prostnóia”! Feliz ano novo! Meu nome é Joinville. Como todos vocês, nesta época fico meio pensativa. Sinto-me tão vazia no feriado de Ano Novo... Assim, resolvi escrever meus objetivos para 2012! Nada muito sofisticado, quero coisinhas simples.

# 1 – não ser governada pelo Kennedy Nunes. Ora essa, gente, me desculpe, mas isso é intolerável. Eleitores, hello! Eu já venho sofrendo muito nas últimas décadas, vamos dar uma trégua? Sei que este ano a questão é eleger o menos pior, mas vamos abrir o olho, pelo amor de Deus! Eu já fui governada por gente como Baltasar Buschle, Nilson Bender e Ottokar Doerffel. Vão pesquisar como era! Vocês tão com cada ideia ultimamente...

# 2 – falando em eleição, ai gente, vamos dar uma atençãozinha especial pra Câmara de Vereadores, né? Vocês acham que só serve pra encher o saco em época de greve de servidores e pra colocar mais 20 carros em circulação? Não parece, mas vereador é coisa importante. Vamos melhorar o nível? Tô até pensando em propor uma campanha anti-Nunes. De Kennedy e Odir, já estou cansada! E não são vocês que agüentam a Zilnety cantando todo dia.

# 3 – eu sei que meus primeiros colonizadores eram suíços, mas deixa os buracos pros queijos! Vocês reclamavam das minhas ruas de paralelepípedo, mas eu pergunto: adiantou tanta chiadeira? Estes prefeitos que vocês elegeram despejaram uma gosma que chamaram de asfalto e hoje tá nisso, tudo esburacado. Mas tem algumas ruas que o número de buracos tá diminuindo: sim, tem dois ou três se juntando e virando um buracão só!

# 4 – ok, eu achei legal o Parque da Cidade. Para quem passou tanto tempo sem nada, dá pro gasto. Mas para 2012 eu quero um grande parque, cheio de árvores e pássaros, onde não haja rotatórias e avenidas no meio. Um grande espaço onde meus moradores possam caminhar, fazer um piquenique ou jogar bola sem respirar CO2. Não se deve ficar dizendo que a grama do vizinho é mais verde, mas é duro olhar pra Jaraguá e Curitiba e não invejar!

# 5 – dizem que ruas como JK, XV, Dr. João Colin, Blumenau, Beira-Rio, Dona Francisca, Jerônimo Coelho e Princesa Izabel são as vias arteriais do coração da cidade. Não adianta urbanista ou especialista de tráfego, chama o Dr. Bornschein porque eu já tô infartando! Eu quero ter mobilidade! Quero voltar a ser a Cidade das Bicicletas - mas onde isto não represente uma nova modalidade de esporte radical.

Vou parar por aqui! Se eu atingisse estes objetivos eu já estaria feliz. Tem coisa boa à vista, mas no geral, a situação tá feia. A perspectiva não é muito favorável. OK, vão vir os já insuficientes R$ 40 milhões do BNDES, ano de eleição sempre tem obras, meu time de futebol tá na série B, ouvi rumores de um novo cinema, o teatro tá bombando, logo deve pintar um ILS por aí... mas não tá fácil. Sou um pouco emotiva. Em 2012 não quero ninguém reclamando da chuva – não é fácil ver tudo isso e não chorar.

13 comentários:

  1. Posso adaptar na minha Uberaba? Encaixa. kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Guilherme para prefeito! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto e, como manda o blog, ácido! :D
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. O primeiro texto no primeiro dia do ano de 2012, parabéns! Um bom começo para uma nova vida.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Guilherme,ótimo!

    ResponderExcluir
  6. Cristian W. "Musta' Neves1 de janeiro de 2012 23:18

    Tadinha de vc Joinville,mas veja o lado bom das coisas.
    Tudo isso vai acabar (junto com o resto do mundo) em 21/12/12.
    Aguenta só mais um pouco

    ResponderExcluir
  7. Meu pai, já falecido, sempre falava que um dos melhores prefeitos que Joinville teve, foi o Bender. Se não me engano, também foi um dos diretores da Tupy, posso estar enganada, mas enfim. O ex-prefeito está a andar de buzão pela cidade e se veste muitas vezes com ternos surrados pelo tempo. Parece haver uma incoerência ai. Se ele foi bom prefeito, sabia administrar, não deveria estar bem situado? Ou será que ainda há salvação para os eleitores? Teremos políticos corretos que não metem a mão na cumbuca alheia, ou seja, no dinheiro que é e deveria ser usado para o bem estar do povo? Sinceramente, se for para mudar para pior, reelego a situação.
    Parabéns Guilherme por nos ter presenteado com um belo texto, assim no primeiro dia.
    Stefana

    ResponderExcluir
  8. Guilherme esta bom para um começo, tb sou anti-nunes apoio essa causa. De qq forma, tenho certeza q os próximos textos serão cada vez melhores. Gnd abraço

    ResponderExcluir
  9. GUILHERME
    Para mim, é incrível como depois de uma exposição dessa tão clara dos fatos alguém ainda prefere continuar no engano da credulidade nessa NUNES,NUNES,NUNES. Ah vá… burrice tem limite.
    Obrigado por voce escrever muito bem

    ResponderExcluir
  10. Obrigado a todos que visitaram o blog e deixaram seus comentários.
    Ao anônimo que me lançou pra prefeito, ainda bem que é anônimo, pois desejar o mal assim pra mim é covardia! Hehehe
    Stefana, sim, o Bender foi diretor da Tupy, e dizem, empobreceu na política. O Jordi sabe bem a história.
    Aos amigos anti-Nunes, é isso aí, é nas urnas que somos fortes.
    Obrigado a todos!

    ResponderExcluir
  11. JOINVILLE NÃO QUER MAIS AUMENTO DE NUNES.

    ResponderExcluir
  12. Também não merece novamente ou outro "MERSS".
    Cuidado eleitores!!!
    Parabéns pelo texto Guilherme...

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem