sexta-feira, 14 de junho de 2013

Bala de borracha, prisão por porte de vinagre, pancadaria... eles morrem de medo de um mundo melhor

POR FELIPE SILVEIRA

Posso estar errado, mas acredito que ocorreu nesta semana um dos fatos mais importantes da nossa história recente. Falo dos protestos contra o aumento da tarifa de transporte coletivo em várias cidades do país, mas, sobretudo em São Paulo (de R$ 3 para R$ 3,20), onde o tamanho da manifestação foi maior e contou com uma absurda violência policial proporcional ao tamanho do ato.

Mulher, homem, velho, jovem, criança, repórter, cinegrafista... a PM paulista não se importou com quem tava na frente. Saiu descendo o cacete e atirando bala de borracha a uma distância de cinco metros de distância de manifestantes (distância mortal, diga-se de passagem), além de não economizar no gás lacrimogêneo. Só na quinta-feira (13), mais de 40 pessoas foram detidas por - vocês não vão acreditar - porte de VINAGRE!!! O produto usado na cozinha de qualquer casa brasileira atenua os efeitos do gás usado pela polícia. E bota usado nisso. Há muitas questões a discutir sobre isso, e vou dar uma pequena opinião sobre as que mais me chamam atenção.

Primeiro, se você defender a PM depois de se informar sobre o que aconteceu, se você defender o abuso de autoridade e todos os crimes e violência que a polícia cometeu, você é um baita de um safado, mau caráter e vagabundo. E UM BOSTA. Já discuti aqui no Chuva Ácida que a polícia no Brasil não é despreparada, como muitos dizem, mas é justamente preparada para ser assim: violenta. Uma polícia que rouba, mata, forja, trafica... E, se você duvida, eu recomendo alguns livros e filmes que podem ajudar a formar uma ideia melhor sobre o assunto. E você pode começar também pelo que houve nesta quinta, nos links abaixo:

Retratos da violência praticada pela PM

"Sem violência", diziam os manifestantes, mas a PM que precisava ouvir

Policial quebra vidro da viatura... ou será um manifestante disfarçado fazendo baderna?

Repórter é preso por porte de, pasmem, VINAGRE!

Jornalista é espancado pela polícia

É evidente que nem todo policial é vagabundo, mas a instituição é falida e quem está lá dentro dificilmente não é cúmplice das barbaridades que são praticadas contra a população pobre e negra (sim, somos um país extremamente racista), principalmente na periferia. Lá as balas não são de borracha... De qualquer forma, torço para os bons policiais, são poucos, mudarem a polícia, ainda que eu não acredite nesta possibilidade.


Segundo, é triste demais ver o rumo que o Partido dos Trabalhadores (PT) tomou e o lugar onde está. Já fui petista (hoje faço parte do PSOL) e saí por ter me decepcionado faz tempo, mas mesmo assim sou um otimista e acredito que o PT trouxe alguns avanços ao país. Trouxe e pode trazer ainda mais. No entanto, esses avanços são jogados no lixo diante de situações como essa. O prefeito Fernando Haddad (eleito na eleição de 2012 - e não custa lembrar, depois de vermos Lula apertar a mão de Maluf) parece ter cruzado os braços para a situação, e assim sua omissão passa a ser apoio à violência da polícia comandada pelo tucano Geraldo Alckmin, governador do estado.


Em terceiro lugar está a cobertura da imprensa. É vergonhosa, como quase sempre (há exceções para esta regra), mas passou dos limites dessa vez, quando o editorial do Estadão mais pareceu um chamado à ação violenta da polícia. Ultrapassou as raias da loucura quando a Veja publicou que “a polícia impediu a ação de vândalos”. Se bem que a Veja já ultrapassou as raias da loucura há tempos e dali só podemos esperar desgraça mesmo. De qualquer forma, a cobertura, da TV, principalmente, influencia negativamente demais o avanço da cidadania nessa país. Faz isso quando trata quem luta por direito como bandido e corruptos (empresários, políticos, fiscais, cidadãos) como heróis.

Ah, em tempo, se você lê a Veja (acreditando), você é um BOSTA!


E, em quarto lugar, e dessa vez, mais importante, está uma notícia boa. É apenas uma opinião pessoal, mas eu acredito que a sociedade e a forma de fazer política está mudando a passos largos. Tem a ver com a mudança de valores e de hábitos e também com tecnologia, que permite uma nova fase no campo da comunicação e -  por que não? - da ação. Primavera Árabe, Occupy Wall Street, Revolta do Vinagre (galera do twitter já achou um apelido)... são levantes contra a injustiça, liderados pela massa (e não por uma figura a ser presa ou morta), que surgem na internet e ganham as ruas, e continuam a contar com ajuda da internet, seja na articulação, na denúncia ou no apoio. É isso que me faz ter esperança em um mundo melhor.

É a primavera - e ela não pode ser detida...


Importante:

- Não discuto com e nem sobre vagabundo que fica incomodado com protesto parando o trânsito. Esse é só um lixo que a sociedade produz.

- Todo meu apoio à luta do povo e parabéns ao Movimento Passe Livre (MPL) de todo o Brasil, que puxa essa luta e tem forte atuação em Joinville contra o oligopólio das empresas de ônibus que, de mãos dadas com o governo municipal há décadas, avacalham a vida do joinvilense.

- Leia também o texto do jornalista Pedro Henrique Leal, que aborda essas e outras questões do caso. Aqui.

121 comentários:

  1. Muito bom! Obrigada por acordar do túmulo!!!

    ResponderExcluir
  2. Felipe, você expressou bem a revolta que estamos sentindo. Meus amigos estavam lá, e os relatos são chocantes. Pior é que atrás dessa polícia feroz está o paulistano médio, leitor de Veja, umbiguista e preconceituoso, que não faz a menor ideia da humilhação que é o transporte público na periferia de São Paulo. Eu que trabalho em casa outro dia tomei o trem no fim do dia, e isso no trecho mais nobre da linha, e a única conclusão a que cheguei é: você é obrigado a se despir da sua dignidade para viajar num vagão absolutamente lotado. Essa é a rotina diária de milhões. Falta sensibilidade, sobra mentira da mídia. Ainda bem que a internet está mudando essa história.

    ResponderExcluir
  3. Perfeita as colocações, a polícia é mal preparada, é truculenta, é intolerante e prepotente sim. Mas tudo isto é potencializado quando se tem um governador sabidamente facista e que aprova este tipo de método quando se trata de classe trabalhadora inferior, e de um prefeito ex-esquerdista (se um dia foi) que como boa parte do seu partido se vendeu por um projeto de poder e de perpetuação.

    ResponderExcluir
  4. É isso, Felipe. Um bom jeito de começar uma sexta cinzenta e fria.

    ResponderExcluir
  5. A pergunta é...se o governo manda a Policia de Choque pra "enfrentar" um Movimento de Protesto...vamos querer o q?...Policia de Choque ja diz ql a filosofia desses politicos mal preparados..."mete porrada sem distinção" e por consequencia uma policia mal preparada para esses tipos de Movimentos...Du Von Wolff

    ResponderExcluir
  6. Menos, né ?! Bem menos Felipe ! Apelou, perdeu a razão!

    Nem tanto aos Movimentos Estudantis e nem tanto a truculência da polícia!

    O que mais me assusta é que tudo isto foi pelo aumento da passagem. (Não que isto não seja um motivo justo...acho que é mas o protesto passou dos limites de ambos os lados).

    Na minha visão, este nível de protesto violento DEVERIA ter rolado quando o mensalão foi julgado e tudo virou pizza.

    Quando colocaram um cretino como o Feliciano na Comissão Direitos Humanos.

    ...são tantos outros exemplos muito mais revoltantes e sequer houve um panelaço nas ruas.

    Por muito menos nostros hermanos argentinos vão para as ruas protestar.

    Agora a passagem atinge diretamente as minorias...

    A roubalheira de mão grande não reflete o dia-a-dia destas minorias? Pelo menos não hoje, mas amanhã sim teremos que aumentar o valor das passagens para compensar os cofres que estão desfalcados pelos "acordos públicos".

    Lamentável a forma do protesto e a falta de percepção da sociedade para outros fatos mais importantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menos o que, meu caro anônimo? Nem te conheço, nem sei teu nome e tu vem me falar em menos. Vaite.

      Excluir
    2. é isso o cara tem razão , menos ....

      o povinho brasileiro só se mexe quando o bolso sente...

      será que o povo que ganha o bolsa família também foi pra rua ??

      du grego

      Excluir
    3. Você tem razão anônimo, tenho 40 anos e desde moleque ouço notícias de escândalos, de roubalheira, de corrupção, de tudo isso que hoje ainda rola na tv e nos jornais, sempre foi assim e o que sempre se dizia "ah, mas isso não tem jeito, o que nós podemos fazer? nada".... esse tipo de atitude já deveria ter sido tomada há no mínimo 3 décadas atrás, esse povinho que anda esmagado como sardinha em ônibus e metrô hoje só está usando uma boa desculpa de que essa foi a gota d'água, que não estão protestando pelos 20 centavos mas por toda a roubalheira e abusos que estão sofrendo já há tempos. Pow, então porque não teve mesmo esse tipo de manifestação ANTES e por algo bem maior e que interfere (in)diretamente no custo de vida deles próprios????? Só quando os 20 centavos saltaram aos olhos é que o povo decidiu agir?????
      Pow Felipe, você tá tagarelando aí sem muita avaliação do todo não hein... No momento que você conseguir de volta os 20 centavos da passagem, tudo volta ao normal e todos voltam a viver suas vidas acomodadas de abuso indireto porque não estão tendo de tirar 40 centavos (ida e volta) do bolso, e a corrupção e ladroagem de milhões de dinheiros é algo muito grande contra o qual não compensa o esforço de levar uma bala de borracha no olho, ou desperdiçar o vinagre do molho para o churrasco regado a muitas latas de cerveja no fim de semana com a galera.

      Excluir
  7. Bom texto.

    Só um comentário, menor: me parece equivocado dizer que essas revoltas são fruto apenas da "internet". Sugiro a entrevista com o MPL-SP: http://www.youtube.com/watch?v=RNFFbzitm2A 17:55

    Abs.

    ResponderExcluir
  8. Bom texto.

    Só um comentário, menor: me parece equivocado dizer que essas revoltas são fruto apenas da "internet". Sugiro a entrevista com o MPL-SP: http://www.youtube.com/watch?v=RNFFbzitm2A 17:55

    Abs,
    André Beavis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, Beavis. Talvez pela pressa eu não tenha me expressado bem. Ou por burrice mesmo.

      Mas, me corrigindo, eu não acho que seja exatamente fruto da internet, apesar de ser o que parece texto mesmo. Quis dizer que a internet é uma peça importante da configuração desses movimentos citados, num plano mais geral, como ferramenta de organização (seja pela criação de um simples evento ou pela divulgação da barbárie, por exemplo). Mas concordo contigo, sim. Essa leitura de que a "internet mobiliza" é preguiçosa e tira o foco da real parada mesmo, de muitas lutas que tem muito mais consistência do que um mero evento.

      Excluir
  9. Então pegaram os baderneiros com a "boca na butija"?
    HAEHUAEHAEUAHEUAEH
    Parece que está perdendo a graça para a mídia divulgar as grandes manifestações pelo mundo, porque chegou aqui, e agora?

    ResponderExcluir
  10. parabéns policia mete o pau nesses vagabundos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Jeferson,

      Beijo na sua boca.

      Maikon K

      Excluir
    2. Isso, Felipe. Esse sabe ser babaca.

      Excluir
    3. Esse não deve usar onibus, ou é parente dos Bogo.

      Excluir
  11. Esse nosso governo anda bem mal das pernas mesmo. Totalmente despreparado até para enfrentar pequenos conflitos. Mudanças já!

    ResponderExcluir
  12. Tinha que ter levado o tiro no meio da testa! Bando de vagabundo, arruaceiros, baderneiros, socialistas do caralho! Vão destruir a casa de vocês seus maconheiros ... Os "chavistas" quebram a cidade e a polícia não pode intervir? Parabéns a PM de SP! Maconheiro se trata assim mesmo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VÁ TOMAR BEM NO MEIO DO SEU CU, SEU COVARDE.

      Excluir
    2. Maconheiro, não !
      Vinagreiro, sim!

      Excluir
    3. A polícia devia ter medito o cacete nos vagabundos e arruaceiros que lutaram pelo direito às 8 horas diárias de trabalho, férias, 13o salário... E também naqueles que foram as ruas defender o direito ao voto, à liberdade de expressão.

      Então, seu babaca das 11:23: não fossem os vagabundos e arruaceiros do passado, que apanharam e muito das muitas polícias ao longo da história, você não estaria aqui, exercendo livremente seu direito de ser imbecil.

      Excluir
    4. Esse pessoal que vai para as manifestações cheirar maconha tem mais é que levar porrada.

      Excluir
    5. Vamos dar uma garrafinha de vinagre prá ele e joga-lo na frente da PM prá ver o que este fascista faz....

      Excluir
    6. opa, sobrou uma ponta aí?

      Excluir
    7. Felipe Silveira 14 de junho de 2013 11:57

      VÁ TOMAR BEM NO MEIO DO SEU CU, SEU COVARDE.


      ============================================


      Argumento chulo hein ?!!

      Não sabe brincar(ou dialogar) não desce pro play !

      Isto é um blog para se promover respostas ou uma briga das crianças da 5a.série !?

      Excluir
    8. Não é um argumento, Cristo! Tô respondendo no nível intelectual do sujeito que comentou.

      Excluir
    9. Mãe Dina você hein???

      Excluir
    10. Galera , já é conhecido aqui no Blog o nível intelectual do Felipe !!! ele se acha e adora mandar os outros "tomar"...

      tenham paciência , é o nível dele...

      du grego

      Excluir
  13. O salário, as balas de borracha, a arma e todos os equipamentos utilizados foram pagos pelas mesmas pessoas que levaram os tiros e apanharam da Policia. É ridículo o trabalho da policia nestas manifestações. "Fotógrafo corre o risco de perder a visão após ser atingido por bala de borracha" - http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/06/1294952-fotografo-corre-o-risco-de-perder-a-visao-apos-ser-atingido-por-bala-de-borracha-em-protesto.shtml

    ResponderExcluir
  14. Tbm já acreditei mais no Governo do PT, mas tbm não nego seus avanços. Uma medida que acho interessante em tempos de discussões de acesso da população mais carente a financiamentos para casa(minha casa minha vida) e de eletrodomésticos, porque não utilizamos este conceito de renda familiar para preços menores de passagem em transporte coletivo? Outro exemplo que temos na cidade é o Restaurante Popular, que o Atual prefeito que aumentar o valor alegando que muitas pessoas que vão lá tem condições, por que não fazer um cadastro de quem realmente precisa e ter um preço diferenciado para esta população?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa mania de criticar o PT por tudo está virando uma chatice....delírio persecutório do esquerdismo infantil..o PT está no governo da prefeitura de São Paulo há 6 meses....já implantou o bilhete único, está licitando 150 kms de corredores exclusivos do transporte coletivo, novas plataformas de embarque, instalando ciclovias, além de ter reajustado a tarifa em níveis abaixo da inflação e ter lançado uma licitação bilionária de renovação da frota...em Brasília também licitamos todo o sistema....e a Presidenta Dilma promoveu desoneração do setor.....o PT foi o primeiro (talvez o único) a se manifestar em nota oficial contra a violência da polícia...hoje em Brasília teve queima de pneus em frente ao Estádio Nacional.....um brutal congestionamento na cidade....e nenhuma violência da polícia do PT.....pelo contrário.....o governo recebeu os manifestantes do Movimento Copa para Quem .....sei lá o que é isso...só a polícia descobriu que vários manifestantes receberam R$ 30 pela empreitada....Tem muito sociólogo de araque que deveria pensar um pouco e voltar aos livros da academia para entender que uma coisa é o partido e outra coisa é o governo.....o PT é libertário, defende e apoia os movimentos sociais....o governo é obrigado a fazer o que a lei manda e nas condições administrativas, políticas, financeiras, institucionais de que dispõe e quase sempre, precisa optar pela maioria....e não pela minoria que se mobiliza e pressiona. Agora...essa mania de criminalizar o PT já tá virando uma doença obcessiva.....

      Excluir
    2. Essa história de "PT renovando frota em Brasília" só pode ser piada né? É só pesquisar um pouquinho e ver o nível em que estavam/estão os ônibus da capital brasileira, quase atingindo a maioridade! Essa "renovação" é bem-vinda, mas tem outros interesses. Copa? Olimpíadas? Exigencia de federação? E depois que esses eventos passarem, vão deixar os veículos caírem aos pedaços novamente?

      Excluir
    3. acho que obcessiva tá errado...
      quem votou no pt aí dá joinha!!!!

      Excluir
    4. vou fazer um funk:
      obcessiva tá errado tá errado.
      obcessiva tá errado tá errado.
      obcessiva tá errado tá errado.
      quem votou no pt dá joinha aê!!!!

      Excluir
    5. Ih, fazendo propaganda numa hora dessas, Dalbosco? Até os esquerdistas mais afoitos sabem como funciona o modus operandi do PT.

      Excluir
  15. isso não vai acabar bem, acho que vou jogar meus livros de capa vermelha fora...
    só uma coisa, não existe NADA de graça, tem sempre alguém trabalhando para subsidiar gratuidade, neste caso nós mesmos, os pagadores de impostos. que tal os estudantes trabalharem de graça nas prefeituras uns, deixa eu ver, 3 dias por mês tá bom, é muito? pra poder pegar o buzão na faixa?
    e não me venham com esse papo de estatizar transporte público, não há nada que o estado brasileiro, dominado por qualquer partido, meta a mão e saia coisa que preste...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certíssimo, 12:34. Inclusive, quando o governo isenta de impostos os automóveis para que a classe média possa circular por aí, alegremente, no carrinho zero, alguém também paga. Por que será que você não protesta nestas horas e manda os gajos que compram carrinho zero trabalhar de graça para as montadoras ou o governo?

      Excluir
    2. eu não tenho carro. acho carro em cidades uma burrice. e o estado como limitador de liberdades que é (não nos enganemos, a função do estado é dar limites, para todos, sem distinção) poderia fazer alguma coisa que limitasse estas merdas cuspidoras de fumaça. se vc fizer um post a esse respeito terá meu comentário elogioso. mas como eu disse, se incomoda o preço das passagens de ônibus a sociedade poderia fazer uma força e TRABALHANDO tentar amenizar a situação e não só para os estudantes, mas para toda a sociedade. e antes que me acusem, não estou defendendo a truculência da polícia e não leio veja, a cuspidora de merda.

      Excluir
  16. Segue um resumo sobre a manifestação: http://www.melhorquebacon.com/24-momentos-protesto-sao-paulo/

    ResponderExcluir
  17. Felipe, você que é a favor do Movimento Passe Livre poderia me esclarecer algumas dúvidas?

    1 - Para que seja implementado, o Governo iria remunerar as empresas que realizam o serviço ou ele mesmo iria prestar o serviço?

    2 - Se o Governo vai arcar com os custos, o dinheiro viria de novos tributos ou seria remanejado de outras áreas no orçamento público?

    3 - O direito ao passe livre seria a todos ou restrito a um grupo?

    Apenas quero entender melhor a proposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel,

      Eu vou tomar a frente do Felps.

      Eu sugiro a leitura de três textos sobre a tarifa zero:

      Tarifa Zero! Uma realidade possível: http://tarifazero.org/2009/09/07/tarifa-zero-a-realidade-possivel/

      Tarifa não precisa pagar o custo da tarifa:
      http://tarifazero.org/2009/09/11/%E2%80%9Ctarifa-nao-precisa-pagar-custo-de-transporte%E2%80%9D/

      Entrevista com Lucio Gregori: http://tarifazero.org/2009/11/04/os-dominantes-nao-querem-que-os-subalternos-sejam-iguais-entrevista-com-lucio-gregori/

      Abraço
      Maikon K

      Excluir
    2. Daniel, eu não sou a pessoa mais competente a falar sobre isso. Mas eu acredito, no entanto, que o que falta é a vontade política para mudar a concepção acerca do transporte e tratá-lo como um direito, e não como mercadoria, como é hoje. A partir do momento que isso acontecer, discute-se como mudar. O pessoal do MPL tem uma proposta que eu acho ideal. Meu amigo Ivan Rocha tem uma ideia de transição, por mensalidades, que acho ótima também. Mas primeiro é preciso mudar essa concepção do que é o transporte público de verdade.

      Fora isso, acho que tudo que ocorreu em SP (em Porto Alegre houve violência também, mas eu sei mais de SP) tem a ver com mais coisa, além do transporte. Tem a ver com o estado de exceção que o Brasil vive com essa copa do mundo, no qual se passa por cima da lei por causa do dinheiro. Um exemplo disso são as remoções de comunidades pobres de perto do estádio, feitas com a violência que cito no texto.

      Excluir
    3. Beleza! Obrigado pelos esclarecimentos, Maikon e Felipe. Vou dar uma lida nos textos que o Maikon colocou aí assim que eu tiver um tempo, pra entender a proposta e poder participar da discussão. Abraço

      Excluir
    4. eu quero bolsa família e passe livre...

      du grego

      Excluir
    5. eu quero isso e uma boquinha daquelas que o pt deu pros pares...

      anônimo 22:19

      Excluir
  18. A sorte dos mano de São Paulo é que o protesto não foi em Joinville. O Adilson Mariano que o diga....

    Lembram das porradas que ele tomou da policia na época dos aumentos do LHS?!

    NelsonJoi@bol.com.br

    ResponderExcluir
  19. Quem está depredando ônibus, pichando muros e quebrando vidraças não paga R$ 3,20 no ônibus - se locomove de automóvel. Ora, estudantes pagam metade, trabalhadores têm seus passes subsidiados, idosos têm passe-livre. Os playboys vagabundos que fazem barricadas, quebram estações de metrô e tentam agredir policiais estão c.... para o trabalhador ou estudante que tem de usar o transporte público deficitário ou as vias congestionadas de São Paulo. Porque eles não reivindicam melhorias no transporte? São burguesinhos sem-causa, revoltadinhos da Estrela que votaram do Pêtê. Cassete neles!
    Em tempo, BOSTA é quem vota no PêTê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei pq eu aprovo esse tipo de comentário...
      Deve ser uma espécie de sadismo ler ignorâncias desse naipe.

      Excluir
    2. Arthur, tu não sacou (ou faz de conta...) que a PM é do Estado, e quem mandou baixar o sarrafo foi teu Alckmin? O Haddad "apenas" se omitiu e referendou a violencia...assim como a dupla Cabral/Paes no RJ e Tarso/Fortunati no RS...

      Excluir
    3. Claro, Rafael, tudo é culpa do PSDB, DEM... Inflação voltando, petrobras falindo, investimentos em obras desnecessárias, aumento no valor das passagens de ônibus em cidades administradas pelo PêTê... A propósito, a manutenção do preço dos transportes públicos não foi o carro-chefe da vitória do "poste" do molusco na cidade de São Paulo?

      Excluir
    4. eu sou do psdb... acho que a culpa é sim do psdb e dem , que não fazem oposição ao ptzinho....

      que o pt faça a merda que quiser ... a culpa é de quem deixa... e fecha os olhos.

      du grego

      Excluir
    5. quem votou no pt aí dá joinha!!!!

      Excluir
    6. Extra, extra, extra.
      Manifestação programada para hoje tem estimativa de comparecimento de apenas 50% do pessoal que foi nas outras.
      Motivos, é que os playboy achavam que estavam protestando contra o aumento da passagem de avião...

      Excluir
  20. "Um mundo melhor" feito por mauricinhos maconheiros e baderneiros.
    plac, plac, plac.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José, pensando bem, tu também tem mais é que tomar no meio do teu cú...

      Excluir
    2. Já que o nível desceu por aqui, eu vou gritar VÃO TODOS VOCÊS TOMAR BEM NO MEIO DO BURACO DO CÚ, COM UM PAU BEM GRANDE E SE NÃO TIVER, PROCUREM O SEX SHOP.
      Se ofenderam? rsrsrs, se o blogueiro pode eu também posso mandar! rsrsrsrsrs e até acho que alguns gostam muito.

      Excluir
    3. ai, como tem gente que gosta de cu aqui...

      Excluir
    4. ahahahahahaha, curti essa Anônimo das 22:50, ahahahahahah deve ser bãoooo.

      Excluir
  21. Quem escreve de maneira grosseira e vulgar quer aparecer mais pelas palavras do que pela idéia.
    Se faltou argumento para tratar de maneira civilizada sobre a motivação de se levar vinagre a uma caminhada; se faltou argumento para demonstrar que a maioria absoluta dos participantes é da classe média/alta; se faltou argumento para demonstrar claramente o que esse movimento quer Passe Livre ou não aumento das passagens....
    Se falta argumento comparativo entre o que ocorre agora e o que foi posto em prática pela CIA e, consequentemente Governo dos EUA para derrubar a esquerda...
    Vou concordar com vc, você é um BOSTA.
    E antes que mencione algo a respeito do comentário anônimo, só o faço assim pq não tenho como me autenticar nas formas disponibilizadas por esse site.
    Sds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é o tipo de escroto "irrespondível", "invendável" e "imprestável", como diria Vicente Mateus.. Passar bem. Ou não. Espero que tenha cólicas intestinais durante todo o final de semana.

      Excluir
    2. Obviamente seria estupidez de minha parte esperar uma resposta civilizada.
      Na verdade não esperava resposta nenhuma já que seu post não possui argumentação sustentável.
      Por último, poderia dizer que espremendo bem o seu texto se encontra um arremedo de defesa à democracia e pensamentos discordantes, mas como acreditar nisso se vc não aceita opiniões divergentes?
      De minha parte espero que vc passe muito bem, não concordo com suas idéias e argumentos mas nem por isso lhe desejo mal.

      Excluir
  22. Pobres jovens, usuários de ônibus: não têm R$ 3,20 para pagar a passagem, mas têm R$ 1.800,00 para pagar a fiança na delegacia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é sobre 20 centavos! É sobre direitos. Não é difícil de entender, mas o texto abaixo pode ajudar.

      http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/06/nao-e-sobre-20-centavos-estupido.html

      Excluir
    2. sim, é sobre direitos. de falar merda.

      Excluir
  23. Quem tem cólicas é mulher.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peido trancado também dá cólicas, logo homens também podem ter.

      Excluir
  24. A Própria PM reconheceu que a manifestação era pacifica. Ela que começou, é ridícula a atitude da PM. http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,antes-de-ataque-do-choque-coronel-da-pm-deu-parabens-aos-manifestantes,1042404,0.htm

    ResponderExcluir
  25. Sabe, como o blog é público eu ia comentar o "post", mas lendo desisti...
    Difícil dialogar com uma pessoa com idade emocional de 4 anos...
    Cada "ambiente" tem o Silveira que merece...
    Andriew Spada (andreiew.spada@gmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, cada um tem o que merece, e você deve ter um Luiz Henrique da Silveira. Chupa!

      Excluir
    2. Nada disso, qualquer criança de quatro anos é mais equilibrada...

      Excluir
  26. Polícia má, muito má. Bad!
    Porque o Estado não deixa os anjinhos quebrarem tudo e atualizarem seus “faces” com as fotos da lambança em paz?
    Alkmin, feio!
    Haddad, bobo e mentiroso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem votou no pt aí dá joinha!!!!

      Excluir
  27. E o troféu intolerância vai para...

    Felipe Silveira, claro!

    Não pode ler uma opinião contrária que já infesta os comentários com palavrão, ironias e termos chulos.

    Típico traço de soberba!

    Aliás, falando em opinião, aqui vai a minha:

    Ação e reação, duas forças "imedíveis" como diria Vicente Matheus.

    A ação de lutar por seus direitos e ter sua voz ouvida, de forma organizada foi a maior demonstração de força que esse país já viu, desde o fora Collor, patrocinado pela Globo, pelo menos foram responsáveis, colocaram o homem lá e depois que viram o monstro que tinha criado, deram jeito de sumir com a criatura.

    Será que em Joinville, o chuva ácida conseguira fazer o mesmo?

    Bom, isto é assunto para outro comentário...

    Casos diferentes, mas de uma forma ou de outra, ambos tiveram como maior lição que sim, nós podemos nos organizar e lutar por aquilo que nós é de direito em um sistema democrático: LIBERDADE!

    Liberdade de lutarmos por um país mais justo, por mais segurança, por mais saúde, e porque não, por um preço justo e razoável pelo nosso transporte público?

    Sim, a luta e a mobilização foram justas, o que não é justo é descontar nossa raiva e nossa frustração em terceiros, que bem no fim das contas, são representados, também por nossos atos, pois nossas reinvindicações também são para eles, querendo eles ou não.

    Ou o suor e sangue daqueles que lutaram contra o regime ditatorial pós 64 também não nos favoreceu?!

    Tenho um tio que era Sargento da Marinha no Rio de Janeiro em 1964 e esteve clandestino em São Paulo durante os anos de chumbo.

    Conversei com ele por telefone hoje e me disse que desde aquela época não via tamanha desproporção na reação da polícia.

    Disse a ele que uma vez já ouve sim, fora no estado do Paraná.

    Professores em greve, reivindicando melhores salários, foram pisoteados pela cavalaria da pm do estado. O governador da época era o ilustríssimo senhor Álvaro Dias, hoje do PSDB, mesmo partido do "Geraldo".

    Depois daquele episódio, apesar de sempre conseguir reeleger-se senador, carregou para a pecha de maltratar professores. Saiu candidato repetidas vezes ao governo do estado (nos intervalos que o cargo de senador permite) e nunca mais conseguiu vencer uma eleição majoritária.

    A situação em São Paulo é o reflexo da baderna que este país está. Nossas instituição estão infestadas de gente mal educada, intolerante, odiosa, ou seja: NÓS MESMOS!

    Estamos anestesiados de tanta coisa errada, que quando temos tudo para transformarmos esta onda de protesto em algo a nosso favor, botamos tudo a perder.

    Poderíamos aproveitar a onda para, quem sabe, fazermos o nosso "inverno brasileiro".

    Mas não, quase botamos tudo a perder. Repito, ao deixarmos que uma meia dúzia de baderneiros que só quer fazer arruaça se infiltrar em movimento justo, quase botamos tudo a perder!

    A sorte, de nós, o povo, é que do outro lado está uma polícia que age de forma pior do que nós.

    Sim, digo a sorte, por que graças a desproporção da força empregada, de vilão, viramos mocinho e estamos tendo uma segunda chance de aproveitar a onda e, juntos, quem sabe, começarmos a mudar este país.

    E para você Felipe, uma banana!



    NelsonJoi@bol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.

      Sou totalmente a favor das manifestações desde que pacíficas, sem quebra-quebra e sem vandalismos.

      Temos muito mais a protestar!

      E sim, eu leio a Veja.

      Excluir
    2. Obrigado, Nelson, pela banana. Estou tendo cãibras e precisando de potássio mesmo. Quanto ao seu comentário, eu nem entendi.

      Excluir
    3. E você acha que alguém esperava que você entendesse?

      NelsonJoi@bol.com.br

      Excluir
    4. E você acha que eu esperava que você soubesse se expressar de forma clara :P

      Excluir
    5. Anônimo que lê a Veja. Me explica o motivo. Por que você lê algo que sabidamente é pautada por um mafioso, um bandido, que usa o veículo para fazer negócios escusos?

      Excluir
    6. Ele eu não sei, mas eu, para combater meus inimigos, prefiro conhece-los do que ignora-los.

      NelsonJoi@bol.com.br

      Excluir
  28. QUEM NÃO PULA QUER AUMENTO!!

    QUEM NÃO PULA QUER AUMENTO!!

    QUEM NÃO PULA QUER AUMENTO!!

    ResponderExcluir
  29. Perguntinha:

    Por que o brasileiro só vai pra rua protestar quando mexem no bolso deles?

    A educação pública inexistente, a saúde precária, a corrupção, os altos impostos...nada disso interessa? Nada disso merece um protestinho sequer?

    Como disse um outro comentário atrás: a desproporção do protesto em relação aos 20 centavos da passagem não condizem com o estado de apatia que esses mesmos brasileiros vivem todos os dias.

    O mundo que eles vivem (e sua injustiças) são frutos de décadas de conivência com o "jeitinho brasileiro de ser". São esses manifestantes que elegeram os prefeitos, governadores, vereadores, etc.. Ou você acha que os 4 manifestantes do PSTU elegem alguém?

    O pior são os socialistas de pijamas que pululam aqui no blog.

    Patético !

    ResponderExcluir
  30. Vc. é uma pessoa da qual se deve ter pena.

    ResponderExcluir
  31. Se o espaço é democrático para um lixo como vc. por que não pode ser para quem comenta?

    ResponderExcluir
  32. Impossível organizar "manifestação pacífica" sem portar ácido acético capuz ninja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se o vinagre fosse pra atingir alguém, e não pra poder se defender da violência do estado.

      Excluir
  33. E uma vergonha os gorvenantes nos usam como massa de manobra para agredirmos nosso propio povo quando e do interesse deles e depois eles mesmos nos acusam de excesso, sou policial mas nunca aceitarei ser manipulado para atacar manifestantes seja qual for a causa deles.

    ResponderExcluir
  34. Pedro V. de Lucena15 de junho de 2013 13:50

    Parabéns ao anonimo de 15 de junho as 11:59. Espero que seu discurso não desapareça com o passar do tempo.
    Li parte dos comentário iniciais e alguns dos últimos apenas, e parei porque minha pressão tava subindo, hehe.
    Engraçado ver alguns chamando manifestantes de maconheiro...
    ...se fosse cheirador ai podia? É que pó é droga de burguês, droga que mata mas não deixa o olho vermelho, então pode ser usada sem ser percebida, maconha de vermelho (cor da luta, por sinal), tem cheiro e é barata, não da overdose e não brocha, então burguês, que usa perfume francês e tem uma "imagem" a zelar, não pode usar, então só resta criticar, né?.
    Maconheiro é drogado pobre, esse, é esculachado pela sociedade, é só um burguesinho reaça se irritar com gente da esquerda que sai chamando de maconheiro, tá, e porque a anos não ouço o termo cheirador?
    Devíamos parar de utilizar termos como; burguês, reaça ou reacionário, e também passar a designar todos esses FDP de cheiradores, porque é o que são.
    E os pseudoesquerdistas revoltosos criticando a suposta "pequenês" dos protestos, "só 20 centavos", puto por que ninguém fez manifestação contra isso e aquilo...
    Quer uma explicação bem simples, porque toda manifestação é um ato politico, (partidário ou não), e como tal, precisa de apoio de massas, e as massas deste país são comandadas por uma ideologia burra, defendida e espalhada pela globo e demotucanos, que realmente, só se mexe quando sente o aperto direto no bolso.
    Se a causa não é a maior de todas, ainda assim o protesto tem sua grande importância por demonstrar o poder que o povo tem. Se um dia, conseguirmos conscientizar o povo do quão manipulados, usados e escrachados são pelas elites deste país, preparem-se, porque o que tanto lhes assustou esta semana, será apenas a ponta do iceberg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário perfeito do Pedro sobre a burguesia.

      Excluir
    2. tá bom, você agora é proletário...

      Excluir
    3. Que burguesia, velho. Tu também faz parte da burguesia, Felipe! Deixa de ser demagogo!
      E ainda vem com esse termo retrógrado - "Burguesia".
      Tu sabes o que é "Burguesia"?
      Parece que não!

      Excluir
  35. É incrível como algumas pessoas vivem no "mundo da lua" acreditando inocentemente (pobres coitados) que esses protestos são só pelo aumento na tarifa de ônibus e realizado só por usuários de drogas, "vagabundos" e outros adjetivos que são dados nessas discussões sobre esse tema em sites.
    Meus caros, a começar pela própria mídia. Me dê condições de ter uma estrutura como a globo e as principais emissoras deste país e garanto que muitos serão facilmente manipulados até mudarem de opinião sobre o tema.
    Então, se conseguem refletir até aqui despindo-se de simples escudo (muito bem posto por quem detém poder há anos), e deixando de ser cético pergunto: Toda pessoa que protesta é maconheiro, vagabundo, etc.?Nesse país de mais 180 milhões, ninguém mais além de "bardeneiros" tem motivos para reclamar?Não lhe parece uma estratégia interessante colocar polícia contra manifestante, que nada mais é colocar povo contra o povo pra se manter no poder?
    No fundo você sabe que há muita coisa errada, há muitos motivos pra protestar pelos direitos de pessoas de diferentes vertentes da sociedade, você consegue fazer isso sim.
    O único problema é que mesmo sabendo, VOCÊ AÍ QUE FICA CRITICANDO AS MANIFESTAÇÕES TEM MEDO DO NOVO, TEM MEDO DO MELHOR PRA TODOS, PORQUE VOCÊ TEME QUE PODE PERDER AQUILO QUE ACREDITA TER E JÁ NÃO TEM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém é contra protestos ou outras manifestações, somos contra fechamento de vias, pichações, destruição de bens públicos/privados e enfrentamentos desnecessários com a polícia. Obviamente nem todos que vão às ruas protestar são pichadores, depredadores ou apontam fogos de artifícios contra policiais, mas TODOS os manifestantes defendem essa meia-dúzia de CRIMINOSOS infiltrados como se fossem dos seus, tornando-se CÚMPLICES e acabando com a simpatia de grande parte da população. Entendeu agora ou quer que eu desenhe?

      Excluir
    2. Ou seja, você é a favor de manifestações públicas desde que todo mundo ande em fila indiana, segurando uma cordinha, e com uma "tia" cuidando pra ninguém se perder.

      Excluir
    3. Você reclamou que fica "povo contra povo". Mas quando bloquearam a via pública é que isso começou. O povo, que queria chegar em casa após um longo dia de trabalho (coisa que aparentemente os manifestantes não tiveram) foi atacado, encurralado pelos manifestantes.
      A ação da polícia foi pra proteger o povo dos manifestantes.
      Esse m*** que escreveu lá em cima que nos chama de "vagabundo que fica incomodado com trânsito parado" não deve ter a mínima idéia do que é ter o tempo todo contado pra pegar seu filho no colégio antes que feche, de chegar em casa e alimentá-lo, dar banho, de jantar e ir dormir LOGO porque no outro dia a luta começa cedo.
      É um babaquinha almofadinha com as continhas paga pelo papai.
      Borrachada em quem depreda e obstrui a via pública!

      Excluir
    4. Em nenhuma das manifestações em São Paulo os congestionamentos foram maiores que os enfrentados pelos paulistanos cotidianamente. Aliás, nenhum deles foi considerado record, porque no dia-a-dia motoristas de Sampa enfrentam dezenas de quilômetros de engarrafamento, muitos deles maiores que os dos dias das passeatas, por conta de uma cidade que há anos não é levada a sério pelos seus governantes, particularmente no que tange ao planejamento urbano. Isso piora significativamente em dias de chuva. Aliás, a PM podia descer a borrachada na chuva, que vive a obstruir a via pública, para proteger o povo. Ou dar logo um tiro na testa de São Pedro.

      Excluir
  36. Marcos. Quantas manifestações você já foi? Pode me citar quando e aonde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A última foi em Florianópolis há uns anos atrás. Eu estava voltando para a casa e acompanhando o grupo de manifestantes, a maioria estudantes da UFSC e da UDESC, até perceber, lá na frente, uns otários quebrando lixeiras e abrigos de ônibus com voadeiras - saí no mesmo instante, perderam totalmente a razão.

      Excluir
  37. Aliás, quem não tem posição também não sabe o que quer, não faz nada pra mudar e É CÚMPLICE DA CORRUPÇÃO.
    Simplesmente paga impostos, é roubado e fica com cara de trouxa assistindo TV e reclamando de quem não é conformista.
    Minha opinião.

    ResponderExcluir
  38. E tem outra: No meio da polícia também tem os DESPREPARADOS E INCOMPETENTES que utilizam do poder e instrumentos (armas) que tem pra abusar e descer a lenha e todos. Desta forma, TODOS OS POLICIAIS SÃO CÚMPLICES EM ABUSAR DO PODER E DA FORÇA ENTÃO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jefo, pra mim a instituição Polícia Militar está podre. O problema não é alguns despreparados. O problema é a preparação deles pra fazer errado, agir com violência. Acho que tem uma ou duas pessoas boas dentro, mas eles sabem das falcatruas e não podem fazer nada. Outros são cúmplices por não acharem errado aquilo que os piores policiais fazem.

      Excluir
  39. Sei que não é certo, mas vejo (posso estar errado) que esse é o único caminho. Passeatas pacíficas é muito cômodo para quem está no poder. Imagino que eles ficam felizes quando pessoas se reúnem pacificamente para reivindicar seus direitos. Imagino eles comentando: "Nossa, como existe babaca nesse mundo!" Pra mim a única saída e a forma de trazer alguma mudança é na PORRADA mesmo! O povo tem que ir pra rua e encurralar essa cambada que está no poder (independente o partido). É uma pena que inocentes sejam agredidos, mas penso que é o preço pela defesa de nossas ideias. O povo não aguenta mais! Trabalhamos 5 meses pra pagar impostos! Nossa saúde e educação é um caos, nossa mobilidade urbana está imóvel, temos várias diferenças sociais e em vez de combater essas prioridades o governo põe e desvia uma fortuna na Copa do "caralho" do Mundo, na OlimPIADA do PT esses FDP. Não é por R$ 0,20 é por vergonha na cara que a galera está indo às ruas. Estamos começando a combater essa roubalheira, essa coverdia para com povo! Povo na rua, quebrando tudo se possível, só assim esse governo aperta o CÚ e percebe que o povo é que manda! Abraço, Getulio Fanezze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK, é a tua opinião e eu a defendo, mas, se é com porrada e quebradeira não venham depois culpar a polícia, porque toda ação tem reação. Quanto às manifestações, sou totalmente a favor, e estou sentido uma satisfação pessoal em saber que muitos que votaram no POSTE do PT em SP estão lá no meio dos manifestantes. Por outro lado, ainda me deixa indignado saber que, ao invés de culparem exclusivamente o prefeito, por não cumprir o que prometeu, os manifestantes insistem em culpar também o governador (porque a polícia responde ao último). Puro pretexto. Ou seja, continuam esquerdistas vestindo a camisa. Não vai mudar nada. O Dilmão, o Lula, o Haddad, J. Genuíno e Sarney, Maluf e Cia., continuarão a receber votos dessa cambada.
      Resumindo: bem-feito!

      Excluir
    2. não josé, eles agora vão votar no psol...
      e "bem feito" foi o melhor de todos os comentários

      Excluir
  40. Vagabundinho , enfie o seu mundoi melhor no cu.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem