segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Demóstenes, Cachoeira, Policarpo e a revistona

ET BARTHES
E a coisa vai ficando cada vez mais estranha para o lado da revista Veja.


6 comentários:

  1. Não deu em nada, óbvio. Segundo alguns parlamenteres, convocar jornalista que é cúmplice de crime organizado é "atentar contra a liberdade de imprensa". Alguém devia avisar o parlamento inglês...

    ResponderExcluir
  2. Poizé, depois que o pauteiro Cachoeira foi preso e Demóstenes desmascarado, nunca mais apareceram aquela capas escandalosas, porquê ???

    " Se passar na banca e vir a VEJA, não compre. Se comprar, não abra. Se abrir, não leia. Se ler, não acredite. Se acreditar, RELINCHE. "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKK, boa..........

      Excluir
  3. A promiscuidade entre empresários e políticos já rendeu um golpe de estado e diversos governos corruptos e entreguistas. A CPI do Cachoeira tem a oportunidade ímpar de tirar a limpo a recente história brasileira. E desvendar o porquê desta obsessão dos neo-liberais pelo Estado Neutro ou Mínimo, como forma de se dar bem na vida.

    ResponderExcluir
  4. Não adianta. Os leitores da revista estão imunes a qualquer revelação deste tipo. Afinal, um leitor de Veja tem uma relação estranha com a palavra "verdade".

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem