quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

A minha estreia no Chuva Ácida

POR FERNANDA M. POMPERMAIER


Recebi nesta semana o convite oficial, vindo do Baço, para começar a escrever quinzenalmente no Chuva Ácida, revezando as quartas -feiras com a Fabiana Vieira. Preciso confessar que fiquei ligeiramente, aliás, extremamente lisonjeada com o convite. Não sou jornalista, nem sou formada em letras, e isso me deixa bastante insegura. Gosto de escrever e gosto da língua portuguesa, portanto não desejo assassiná-la. Serei criteriosa mas não garanto nota 10 na gramática, infelizmente, sejam tolerantes comigo.

Honestamente essa é uma característica que me atrai em blogs: a liberdade do escritor de não estar preso à uma forma. De não precisar ser assim, 100% preciso e correto o tempo todo. Penso que o blog é um tipo de veículo que deseja ser sincero, expressar opiniões pessoais e ficar mais próximo do leitor que uma revista ou um jornal. Num tom mais leve, ou às vezes até mais pesado, os textos estão mais comprometidos com a interação escritores/leitores do que com a comunicação como um simples repasse de  informações, não é?
O blog tem esse dinamismo que o jornal impresso não tem. Tem a caixa de comentários que é um espaço riquíssimo de discussão, aprimoramento e aprendizado para todos. Ele cria relações entre as pessoas, discussões acaloradas e reposicionamentos que não são possíveis se você somente lesse a versão do autor. Apesar de eu gostar muito dos comentários que concordam com as minhas opiniões, eu me empolgo muito mais com os que discordam. Uma porque eles me dão a oportunidade de repensar, de me questionar e talvez de reformular meus pensamentos ou seja, aprendizado.

Outra porque, se não existirem bons argumentos do lado de lá, posso quem sabe convencer o leitor do meu ponto de vista. E aí será mais um para o lado negro da força, hahahahaha! Espero mesmo que minha contribuição nesse espaço seja motivo de reflexões e novas construções de pensamento de ambas (e todas) as partes. Acredito mesmo que vá ser, porque o Baço me explicou que devo falar sobre sex toys, relacionamentos abertos e novas posições na cama. Brincadeirinha... Pretendo falar um pouco sobre a Suécia, país onde moro há 2 anos, sobre algumas das suas políticas, tradições e cultura.
Talvez relacionar as soluções que encontraram para alguns problemas, com problemas que temos em Joinville. Cidade onde nasci e morei por 28 anos, onde tenho uma grande família e bons amigos, por isso também torço por ela. Outros temas podem aparecer e se eu tiver sorte poderemos conversar sobre eles. Em tempo, inicio nosso relacionamento desejando um ótimo 2013 à todos, com mais tolerância, mais compreensão e mais seriedade no nosso país.
Beijos, amigos! Não somos novela mas nos acompanhe!

Eu já participei do Chuva como convidada na seção brainstorming, seguem os links abaixo:
Sobre as famosas cesáreas eletivas no Brasil - http://www.chuvaacida.info/2012/12/e-uma-cesaria-realmente-necessaria.html?m=0

PS.: Gostaria de expressar a minha gratidão e de outras colegas de trabalho à ex-coordenadora da ed. Infantil de Joinville, Solange Coral, que deixou o cargo nesta semana. Sua visão moderna de educação infantil, sua diplomacia e sua dedicação ajudaram a construir a história da educação infantil joinvilense elevando-a ao patamar de referência pela qualidade no Brasil  por que não dizer, no mundo. Sinto muito orgulho por ter feito parte da sua equipe, aprendido e compartilhado conhecimento por tantos anos. O sentimento no momento é de perda, mas que o foco continue sendo a qualidade do atendimento oferecido e o bem-estar das crianças. Sucesso para a próxima gestão.

12 comentários:

  1. Fernanda,

    Seja bem vinda! Estamos ansiosos por suas postagens.
    E não se esqueça, isso não é só um blog ...

    ....isso é o Chuva Ácida!

    Tudo que você disser poderá e será usado contra você para derretê-la viva na praça Nereu Ramos! Ah, ufa, ainda bem que você está na Suécia....vai escapar dessa parte.RSRSRSR! ;)

    Boa inspiração e boas reflexões!

    LF

    ResponderExcluir
  2. Välkommen! Ah Suécia..Como não associar as lindas Mulheres, Abba..fale-nos tudo de lá. By Ácido.

    ResponderExcluir
  3. Rosane Mari dos Reis9 de janeiro de 2013 14:01

    Bem-vinda querida! Com certeza vou te acompanhar pois se bem te conheço só virão coisas boas por aqui. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Adorei ler Fe, vc escreve muito bem e esses paralemos em Brasil e Suécia vão ser bem interessantes amiga! Bjo e saudades

    ResponderExcluir
  5. Bem-vida, Fernanda!
    Teremos muita coisa em comum para debater!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela receptividade e incentivos. Vou dar meu melhor, como sempre. Beijos e ate daqui 15 dias!

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, aí na Suécia existe a mensalidade no transporte coletivo?
    abs

    ResponderExcluir
  8. Existe.
    Eu tenho.
    Pago 460kr por mês, algo como 150 reais e posso andar livremente, Dentro da cidade e 1 passagem por vez, né.... vc não pode passar o cartão mais que uma vez no mesmo momento no mesmo ônibus. Mas isso tbem tem em Joinville não tem?
    Eu lembro vagamente de ter usado cartão no ônibus. Ah, mas acho que vc enche de crédito e vai gastando em cada passagem, né... Então se num dia pegar quatro ônibus, em Joinville você pagaria 4 passagens, é isso?
    Aqui eu posso pegar 2 por dia ou 8, não importa, o valor mensal é o mesmo.
    E existe cartões um pouco mais caros que alcançam uma região maior e incluem passagens de trem. Por exemplo uma amiga que estuda em Malmö, quase 1h de trem, com esse cartão, vai pra faculdade todos os dias e anda de ônibus dentro das cidades.
    Poderia ser o tema para um post,....não pode?
    Qualquer curiosidade é só mandar!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Legal Fernanda. Seus pensamentos modernos e isentos serão certamente motivos para reflexões e debates. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Fe, fico feliz em ver que o exercício de escrita te abriu novos caminhos. Parabéns!
    Torço por ti!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela torcida. Estou cheia de ideias, vai faltar 4a feira... beijos.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem