segunda-feira, 20 de abril de 2015

O incêndio, o aviso e a lição que muitos não querem aprender


POR JORDI CASTAN

Não há pior surdo que o que não quer ver ou pior cego que o que não quer ouvir. Em nome de um suposto desenvolvimento a qualquer custo, a LOT propõe que nas chamadas Faixas Viárias seja permitido instalar indústrias e comércio de porte. A lista de tudo o que pode está no próprio site do IPPUJ.

A explosão de um depósito de fertilizantes em São Francisco do Sul, há algum tempo, não serviu de alerta e o risco não foi evitado. Agora um incêndio num estabelecimento comercial na Zona Norte mostra novamente o perigo de permitir a instalação, junto a áreas residenciais, de atividades potencialmente perigosas. Mas aqui em Joinville não há forma de que os responsáveis escutem ou vejam.

Que não seja por falta de aviso.

O incêndio nas páginas do jornal A Notícia

14 comentários:

  1. é Jordi essa briga da LOT já foi perdida

    ResponderExcluir
  2. Acho que não foi o caso.

    A seguradora vai pagar, salvo engano, milhões de reais ao proprietário pelo prejuízo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você não entendeu.

      Excluir
    2. Esta sugerindo que foi um bom negocio o incendio?

      Excluir
  3. A Lot não vai proibir a instalação de botijões de gás nas residências. Depois não digam que foi por falta de aviso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema não são nem os botijões de gas, nem o comercio e as atividades de baixo risco.
      O problema são as industrias e o comercio de grande porte e as atividades potencialmente perigosas, que NUNCA deveriam ser permitidas em areas residenciais. De uma olhada no que a LOT permitira nas Faixas Viárias.

      http://youtu.be/gvp2JHtCzeU

      Excluir
  4. Eu acho mais sensato obrigar estabelecimentos, os quais abriguem em seus depósitos produtos inflamáveis (como galões de tinta, por exemplo), a instalar o conjunto detector de fumaça mais sprinklers. Muito mais sensato do que se utilizar de uma tragédia, de forma oportunista, para defender sua causa. Realmente deprimente. Tsc, tsc, tsc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De uma olhada no que a LOT permitira. Oportunismo é outra coisa bem diferente.

      http://youtu.be/gvp2JHtCzeU

      Excluir
  5. Meu caro Jordi, será que o IPPUJ fez estudos junto ao Corpo de Bombeiros para se no caso de um incêndio em um prédio com 18 andares ou 67,5m de altura com Outorga (Contemplado nesta LOT) poderá ser combatido com o que tem de equipamento HOJE os nossos "valorosos" bombeiros voluntários?

    ResponderExcluir
  6. acho q o Jordi vive em outro planeta.

    ResponderExcluir
  7. jordi caso a instalação de faixas viárias e a não aprovação da LOT as empresas existêntes principalmente na zona rural estariam ilegais, assim deveram ser fechadas correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você quer dizer as que HOJE já estão ilegais? Pela falta de fiscalização e pela omissão do poder público e que não poderiam estar funcionando legalmente?

      Excluir
    2. exatamente isso Jordi, por exemplo se é rural não pode industria se não pode tem que sair e fechar correto? não acho correto aquela historia de a essa já existente a tempo por isso pode.....

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem