quinta-feira, 31 de maio de 2012

Quem faz terrorismo neste filme, Gebaili?

POR ET BARTHES
E aproveitando o texto do Jordi Castan, um filme que é um clássico sobre o bom "jornalismo" que se pratica em Joinville. Deve ter mais de cinco anos, mas parece que certas coisas duram para sempre. Verdade seja dita, um dos três até tentou fazer a coisa direito, mas foi atropelado pelos outros dois.



20 comentários:

  1. Eu lembro desse debate, assisti na TV e senti a famosa vergonha alheia dos incautos apresentadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava de férias em Joinville e vi essa coisa. Escrevi um texto no AN e no programa seguinte o cara só não me chamou de bonito no ar.

      Excluir
    2. O tal texto não. Mas o que saiu na semana seguinte.

      http://portal.an.com.br/2006/mar/19/0opi.jsp

      Excluir
    3. Bom texto, praticamente um "Uppercut" no sujeito :)

      Excluir
  2. Se Tebaldi voltar a prefeitura, um dos seus projetos é criar uma "Rua Toninho Neves". Abestadinho do PT.

    ResponderExcluir
  3. Desde pequenos nós comemos lixo
    Comercial e comercial
    Mas agora chegou nossa vez
    Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês

    ResponderExcluir
  4. Ao chegar em Jlle, no início deste século, soube que havia um jornalista de nome Veríssimo. Cresci lendo Érico e Luiz Fernando, dois ícones da literatura brasileira, a expectativa para conhecer o Veríssimo local era imensa. Imensa foi minha decepção ao perceber que o talzinho era um dos 3P.

    ResponderExcluir
  5. Esse Gebaili é uma comédia mesmo ... E as pedras ?? Ele deve ser uma espécie de Mãe Diná, porque ele falou que em 2008 o Adilson Mariano não iria se eleger, e depois mordeu a língua né ... Pior ainda as várias vezes que ele dizia " Olha a Banha ", não sei, mas isso me dá a impressão que ele não quer o voto dos obesos, por isso que a candidatura dele está ameaçada ...

    ResponderExcluir
  6. Na falta de pauta os supostos jornalista se preocupam com as MARIANETES.

    ResponderExcluir
  7. Fico a pensar: O que leva esses dois cidadões a tamanha defesa das empresas de ônibus? Certamente que são usuários assíduos e estão plenamente satisfeitos com a relação custo da passagem/conforto.
    PS: o erro acima é proposital, pois agora, caso eles leiam, vão reler à procura do erro. Como não encontrarão, passaremos a ouvir tal palavra nas ondas do rádio.
    O Veríssimo é sério, ou será que só pagaram para dois?

    ResponderExcluir
  8. Excelente oportunidade para trazer de volta o debate sobre o Conselho Federal de Jornalismo. Infelizmente a classe não se empenha como o fez em favor da exigência de diploma. O Conselho tanto pegaria um caso como esse, bem como os diplomados que trabalham em campanhas políticas sendo pagos por órgãos públicos.

    ResponderExcluir
  9. Da ânsia de vomito ver este vídeo.

    Gebaili me parece pior do que Kennedy, Tebaldi e Carlito juntos/somados.

    A ruim da existência dele é isto. A certeza de que sempre é possível piorar. Como consequencia, acabamos achando que Kennedy, Tebaldi e Carlito não são tãaaaaao ruins assim.

    ResponderExcluir
  10. Três bactérias que se alimentam da podridão do poder político e econômico desta vila, digo, cidade.

    ResponderExcluir
  11. Há um rolo compressor sendo estruturado para massacrar (e enterrar) Marco Antonio Tebaldi, nestas eleições e logo após elas, política e juridicamente. Com direito a camada asfáltica e tudo. E não vai ser casquinha de ovo, como ele costumava fazer. Vai ser com toda a infraestrutura de base, no melhor estilo Carlito.
    Os articuladores são, nada mais nada menos que os políticos mais poderosos deste Estado atualmente: Ideli, LHS e Colombo.
    Pra quem menospreza o poder da ministra, é bom saber que é a preferida de Lula pra sucessão de Dilma em 2018, além de outros “detalhes”.
    Há uma estratégia política e outra jurídica. A 1ª consiste num agrupamento crescente contra Tebaldi. A demissão da Educação estadual foi um dos primeiros reflexos. A renúncia de Darci foi outro. Ele desconfiou do esquema e presumo que já tenha alertado o “amigo” a respeito, embora Colombo tente a todo custo manter Darci sem acesso a estas articulações.
    Kennedy é só um oportunista ingênuo que pensa ser deus. Inocente (???) útil, sem qualquer consideração dos poderosos. Será descartado sem o menor pudor.
    No fringir dos ovos, o próximo mandato será rachado ao meio, dois anos para Carlito e dois para Udo, que sai de vice. No apagar das luzes (convenções) Colombo traz o PSD/PSB (com intervenção, se preciso), com apoio federal de Ideli (pressão do PSB), para apoiar a superchapa. O PT apoia a reeleição de Udo em 2016, com Carlito renunciando em 2014, tendo opções de concorrer ao Senado ou vice na reeleição de Colombo. A estas alturas o PSD/PSB será oficialmente base aliada do governo PT em todo o Brasil. O PMDB já o é, de longa data.
    Assim LHS realiza o grande sonho de ver o seu (visto que é dono mesmo) PMDB retomar a prefeitura da maior cidade do Estado em 2014, com possível reeleição em 2016. Ideli continua ministra até o fim do segundo mandato Dilma, com maiores perspectiva a partir daí. LHS continua senador até morrer, não sem antes passar pela presidência do Senado. Colombo tem apoio macro pra reeleição no Estado, com apoio federal. E “todo mundo tá feliz, tá feliz...” Menos o Teba, claro.
    O PP já é aliado incondicional do PT, tanto em nível federal como municipal. Visto que mesmo o PP ainda é maior que o PSDB em SC, assim a superchapa em Joinville teria os 4 maiores partidos do Estado e outros menores.
    O único mote em toda a campanha será a massificação da ficha suja, hoje já com 08 (oito) processos no STF, 02 (dois) no TRF, 17 (dezessete) no TJ-SC e 07 (sete) no TCE-SC (ufa.. o homem não é fácil). E tem mais chegando. Já teve algumas condenações em todas as estâncias, exceto no STF, que não vai julgar antes das eleições, justamente para permitir a candidatura e o massacre político. Se houver risco político, cassam antes.
    Logo após a eleição, o STF começa a julgar. A expectativa é a de que pelo menos metade dos processos existentes acabe em condenação. Tebaldi tem tudo pra ser um MARCO (e não é alusão ao seu primeiro nome) na política brasileira: o primeiro político corrupto a ir de fato pra cadeia no país. 1º ele perde o status de réu primário. 2º pega pena em liberdade ou domiciliar. A partir da 3ª estaria apto a ir pras grades. Mais cassação dos direitos políticos, restituição ao erário, confisco de bens, etc, etc, etc...
    Como dito inicialmente, se vai funcionar não sei, mas os três “super-políticos” citados andam muito amiguinhos e confabulando bastante a respeito ultimamente. Se eles têm todo esse poder, também não sei, mas eles acham que sim. Muita coisa pode dar errada... os três iluminados podem se desentender entre uma jogada e outra... as marionetes do tabuleiro podem se rebelar e tentar ter iniciativa própria... algum novo peão inesperado pode cair no tabuleiro... enfim... sei lá!
    Sei que muitos vão dizer que é só “teoria da conspiração”, que eu tô chapado, etc...
    Ninguém é obrigado a acreditar, aliás, nem é obrigado a ler. Mas quem tiver acesso, analise e acompanhe.
    Acredite quem quiser. Eu só estou informando “um pouco” do que vi, ouvi e deduzi... Araponga anônimo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Araponga, a sua teoria é a de muitos nesta cidade, e faz o maior sentido. A política está uma podridão. Não existe mais limites e coerência para os partidos e políticos. O País precisa passar por uma profunda reforma política, em que ideologias possam novamente ser identificadas e sirvam de referencia para quem quer se eleger. Precisamos novamente votar em bandeiras, em causas, e não apenas em nomes e falsidades.
      Um bom comentário para as inocentes militâncias inflamadas (principalmente a petista) perceberem o seu papel na história.

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem