segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Joinville: quem ganha e quem perde?


POR JORDI CASTAN

Escrevo com os resultados ainda quentes. E a pergunta é quem ganha e quem perde depois de abrir as urnas. Nada de fazer adivinhação só uns comentários e o tempo dirá qual o percentual de erro ou de acerto.

QUEM GANHA

Udo Dohler - Sem dúvida, o grande vencedor é o prefeito Udo Dohler. Carregou o PMDB nas costas. O PMDB que tinha quatro vereadores agora tem cinco e fez os vereadores mais votados. Dois dos eleitos são ex-secretários municipais. O prefeito sai fortalecido deste pleito.

Fernando Krelling - Foi o vereador mais votado da história de Santa Catarina. Uma nova liderança que será bom acompanhar de perto. Será o próximo presidente da Câmara de Vereadores e tem um futuro promissor se não for torpedeado pelos barões do PMDB histórico, antes de empreender voo.

PMDB - Ainda o PMDB de Udo saiu renovado, pois dos cinco vereadores três são novos. Para quem defende a renovação na política local mais uma boa notícia.

Jéssica Michels - a simpática e espevitada candidata do PSOL mostrou que há espaço para fazer uma campanha com criatividade e poucos recursos. Só não se elegeu porque seu partido não alcançou o coeficiente eleitoral mínimo para eleger um vereador.

Causa animal - A causa animal também saiu fortalecida. Fazer foto com cachorrinho em braços e se apresentar como defensor da causa animal dá mais votos que ser defensor dos direitos humanos, das minorias ou do meio ambiente. Este pessoal tem voto “pra cachorro”. A Joinville que vota contra o corredor ecológico do Bugio Ruivo é a mesma que elege dois vereadores que defendem a causa animal.

Marilisa Boehm - Foi a melhor surpresa desta eleição. Se tivesse sido cabeça de chapa, o resultado poderia ter sido outro.  

Renovação - Quem defendia a renovação no Legislativo, porque a renovação foi de quase 60%. Se consideramos a enorme vantagem que representa buscar a reeleição este dado ganha mais peso. Menos da metade se reelegeram. 

QUEM PERDE

Ainda há que esperar o resultado do segundo turno, mas o modelo republicano sai mais frágil a cada nova eleição. Só com um grande esforço é possível imaginar este Legislativo fiscalizando o próximo Executivo.

PT - Perdeu o Partido dos Trabalhadores, que não elegeu nenhum vereador. Ficou longe, muito longe aquele PT que já teve 3 ou 4 vereadores e administrou Joinville. É provável que acabe menor que o PSOL.

PP - É outro que saiu destas eleições muito menor do que entrou. Outro partido que não elegeu nenhum vereador. Mesmo tendo candidato na majoritária fez menos de 2% dos votos. Pouco muito pouco.

Marco Tebaldi - Chegou a estar em segundo nas pesquisas. As urnas mostraram que não tinha fôlego para aguentar toda a corrida. Foi desinchando à medida que a eleição foi avançando. O resultado alcançado e a sua situação política o deixam numa posição muito delicada e que impacta diretamente o seu partido.

PSDB - O partido dos tucanos também sai menor do que entrou.

Maycon Cesar, Bisoni, Adilson Mariano e João Carlos Gonçalves são nomes que não estarão no próximo legislativo. Sem eles a Câmara ficara mais monótona e perderá emoção.

SEGUNDO TURNO

O segundo turno é uma nova eleição. As regras do jogo mudam, o tempo de propaganda é o mesmo para os dois candidatos. Joinville terá que escolher entre o candidato “honesto” - que não faz - e a incógnita que representa o deputado estadual que converteu seu desejo de governar Joinville numa cruzada pessoal. Se mostrar a competência mostrada até agora na aplicação dos ensinamentos bíblicos e repete os milagres citados por Mateus15:32-39, Joinville pode ter muito a ganhar. Se unir ao milagre da multiplicação a virtude da generosidade e do desprendimento o resultado será bom para todos.  

24 comentários:

  1. Respostas
    1. Ele? Como alguém tão bondoso e altruísta poderia prejudicar alguém de forma direta? Para uma parcela significativa da população ele deveria ser canonizado ou no pior dos casos beatificado.

      Excluir
    2. Se o bolso e a paciência podem ser entendidos como partes de um indivíduo, o Udo prejudicou a quase totalidade da população ao deixar Joinville durante quase 4 anos relegada aos buracos, a falta de sinalização e radares, do estacionamento rotativo, da licitação do transporte publico, da falta de praças e áreas de lazer, de repor inflação aos servidores, da falta de obras, etc, etc. Por muito menos o Carlito segura até hoje a fama de incompetente.

      Excluir
  2. O Dr Xuxo também perdeu muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Obrigado por alertar sobre isso. Perdeu muito mesmo.

      Excluir
  3. O fato de nenhum esquerdista ascender ao poder é animador, a população está acordando. Joinville está indo para o bom caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente acho que é uma perda isso, nesse momento que o Brasil passou por uma crise, muito pela ingerência do executivo que estava com o PT. E agora como uma ressaca coletiva o Brasil da uma quinada demasiada a direita.
      Acho que o PT, no jogo democrático nunca deveria ter saído do legislativo pro executivo. Pois ao fazer isso deixou de ser oposição que é uma posição muito comoda, mas necessária. O brasil não é para principiantes. rss! Isso tb serves para os Gestores que querem dar uma de políticos e acabam achando que a prefeitura é o chão de fabrica.

      Excluir
    2. Fábio, o Udo pegou Jlle na crise.

      Crise + Populismo Esquerdista * “Saídas Fáceis” = Desastre

      Crise + Gestão = Indícios de Melhora

      Crise + Gestão + Indícios de Melhora = Crescimento Econômico

      Crescimento Econômico = Saída da Crise

      Udo ou Darci foram as melhores opções. Quem ganhar, está bom!

      Excluir
  4. Só corrigindo, Jéssica Michels não se elegeu porque o partido não atingiu o coeficiente para eleger dois vereadores. Se atingisse o coeficiente necessário para eleger um vereador, este seria o Mariano, o mais votado do partido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A campanha da Jessica Michels foi um bom exemplo de de como se pode fazer uma campanha diferente.

      Excluir
  5. Eu conheço a Ana Rita da FRADA. Ha anos ela luta pelos direitos dos animais. Vamos fazer o seguinte: Deixa ela lutar pelos direitos dos animais e os outros lutarem pelas pessoas. E pergunto o que vocês fazem pelas pessoas? Ah, nada, né? Então não se incomodem por quem faz alguma coisa de útil! Não é fazem pelos animais e nem pelas pessoas!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Lavem a boca antes de falar da Ana Rita!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem precisar água sanitária e detergente estão disponíveis aqui no blog.

      Excluir
    2. pô, agora vou procurar quem é essa tal Ana Rita...

      Excluir
    3. ah, ela é do PROS (centro-direita), então é bem vinda, querida!

      Excluir
  7. E o Freixo a concorrer à prefeitura da cidade-lixão.

    Pobre Hell de Janeiro. Não morria de amores pelo Eduardo Paes, mas trocar a administração do peemedebista por um bispo ou um esquerdista hipócrita, ninguém merece. Por falar em esquerdista hipócrita, quero ver como o Freixo vai se virar com essa esquerdalhada burra e raivosa que o cerca...

    Eduardo, Jlle

    ResponderExcluir
  8. Para a "esquerda" de Joinville, só sobrou a "fila da sopa"! KKK

    A esquerda agoniza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Independente dos resultados, a cidade agoniza.

      Excluir
  9. Eles sempre terão o Simdec e as ONGs de Joinville.

    ResponderExcluir
  10. O bisoni era um figuraço.

    Não acredito no Udo dizia ele , pois fala pouco e trabalha demais. Rss

    ResponderExcluir
  11. As fábricas de carimbo serão as primeiras a comemorar a vitória do UDO, a Câmara passará a ser uma consumidora voraz de carimbos dos projetos encaminhados pelo Executivo em troca de cargos e mais cargos. Discutir projetos? Só em sonho. Se a LOT que é uma lei muito complexa não possui um estudo sequer e querem aprovar sem qualquer questionamento, imaginem o resultado deste servilismos quando forem apreciadas leis mais simples por uma Câmara mais "alinhada" ao Executivo. Independência dos poderes?!?

    ResponderExcluir
  12. Ao ver o nível dos comentários chegamos à conclusão que Joinville nunca teve candidatos tão bons

    ResponderExcluir
  13. E as mortes causadas pelos buracos também fazem parte das mãos limpas junto com o sumiço de pacientes das listas de espera de cirurgias e consultas médicas?

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem