sexta-feira, 24 de março de 2017

Bolsominions em luta contra o armário?


POR JOSÉ ANTÓNIO BAÇO
Ah ah ah. Desculpem, leitor e leitora, mas não resisti a começar com um pouquinho de zoa. É que tenho em mãos um texto de uma publicação muito respeitável, com notícias que não posso deixar passar batidas. E os bolsominions foram a primeira coisa que me veio à mente quando li a matéria. Afinal, o texto serve como recado aos tipos que fazem da homofobia uma marca de perfil.

Eis o resumo da ópera: a homofobia é uma coisa que bate mais forte nos indivíduos que têm desejo por pessoas do mesmo sexo. Ou seja, homossexuais que não têm coragem para abrir as portas do armário. Vou repetir: muitos dos homofóbicos têm um gay adormecido dentro deles. E, segundo o texto, louco para acordar. Diz o texto que a agressividade é uma das formas de “compensar” essa (auto)repressão sexual.

Ok… é o tipo afirmação que qualquer aspirante a psicanalista pode fazer e que surge sempre em debates sobre a homofobia. Mas desta vez, como já disse, temos uma diferença. Porque tem fundamento científico e vem referendada por um estudo realizado nas universidades de Rochester e da Califórnia, nos Estados Unidos, e de Essex, na Inglaterra.

Não é um daqueles estudos malucos que só servem para sorver o dinheiro de pesquisa. Os resultados são para levar a sério. Tanto que foram publicados no “Journal of Personality and Social Psychology”, da American Psychological Association. Claro, estamos a falar de uma publicação que os bolsominions não leem. Porque , enfim, a maioria não lê. E os que leem não entendem.

Podia ficar aqui a sacanear os bolsominions homofóbicos (passe a redundância), mas vou me limitar a relatar os principais detalhes do estudo, que faz uma análise construção da identidade dos indivíduos e das influências da família nesse processo. Partindo da tese de que nem todo homofóbico é bolsominion, mas todo bolsominion é homofóbico, vamos ver se temos o match.

1. Em grande número de casos, a homofobia afeta indivíduos que se sentem atraídos por pessoas do mesmo sexo, mas acabam ficando no armário.

2. Na maioria dos casos, a homofobia e o preconceito acontecem por culpa do autoritarismo dos pais, que reprimem e rejeitam os desejos dos filhos. Os homossexuais têm medo da reprovação dos pais, caso admitam desejo por pessoas do mesmo sexo.

3. Os jovens que crescem em ambientes repressivos tendem a mostrar uma desarmonia entre o que dizem e o que sentem em relação a pessoas do mesmo sexo. No estudo, as pessoas que se declaravam heterossexuais – mas não o demonstravam implicitamente, segundo os pesquisadores – eram mais propensas à hostilidade contra os homossexuais.

4. O estudo afirma que os homofóbicos vivem em constantes batalhas contra elas próprias. Óbvio...

5. Tudo indica que a homofobia pode ser uma reação de quem se identifica com os homossexuais, mas luta para rejeitar o fato.

Viram? Mas se você é simplesmente homofóbico e sente culpa por isso, fica pelo menos uma boa notícia. A culpa não é sua, mas dos seus pais repressores. Mas se você é bolsominion não tem atenuante. Não dá para culpar a sua família pela sua burrice. Ah... se os armários falassem.

É a dança da chuva.

37 comentários:

  1. Êta esquerda burra, sô!
    Apelando para a sexualidade das pessoas que votam no Bolsonaro? E as burras que votam no PT? Homofobia tem cura. E burrice, tem?

    Entre PT, PDT, PSOL, REDE ou PCdoB e Bolsonaro, meu voto vai para o último sem pestanejar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. A esquerda não parece assim tão burra. Porque até conseguiu fazer um estudo nas universidades de Rochester, da Califórnia e de Essex. 2. Sim, inteligente és tu... jênio bolsominion.

      Excluir
    2. Quer mais burrice do q homofobia.

      Excluir
    3. Entre PT, PDT, PSOL, REDE ou PCdoB e Bolsonaro, qualquer acéfalo é melhor do que Bolsonaro...

      Excluir
    4. Burrice tem cura, preconceito, péssimo caráter e desonestidade também tem cura; 1 grande passo pra tudo isso é deixar de apoiar e defender o Bolsonáusea, coisa que os extremamente preconceituosos, burros, imbecis, desonestos, idiotas, vis, e asquerosos fazem.

      Excluir
    5. Deixando de acreditar no Bolsoasco vais aprender a ter mais inteligência, mais ética, mas tolerância, mais bondade e inclusive muito mais felicidade, deixar de ser bolsotário é 1 ótimo caminho pra curar a tua burrice e bolsotorpeza.

      Excluir
  2. procurando novos adversários?
    na boa, tenho sérias dúvidas se vc é realmente um adulto.
    que textinho vagabundo.

    ResponderExcluir
  3. A turma comentarista anônima conseguiu matar a história, a análise do discurso, a interpretação de texto, a ironia. Acho que outro cadáver recente dessa turma é a obviedade de certos fatos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes fico a pensar no que passa por essas cabeças. Passa tudo, porque os caras não conseguem reter uma única ideia. Pior é que não se divertem e não querem que a gente se divirta...

      Excluir
    2. vão acreditando que ficar inventando apelidinhos idiotas pras pessoas pq elas querem votar em alguém vai surtir efeito. bem legal isso aí. não aprendeu com "coxinhas"? Trate o candidato como adulto, exponha as contradições dele, pq vc acha que ele não é uma boa opção e talvez te deem ouvidos, mas só talvez. é direito das pessoas votar em quem quiser. num passado recente votaram até no lula...

      Excluir
    3. Anônimo... entendi todas as letrinhas do teu comentário, mas não entendo o significado dele...

      Excluir
    4. À isso dá-se um nome: Dislexia.

      Excluir
    5. Anonimo das 9:42. Dislexia não tem cura mas tenho boas notícias pra vc. O tratamento é longo e exige persistência...mas dá pra levar uma vida quase normal. O importante é q vc não rejeitou o diagnóstico, portanto, mãos a obra. Sucesso.

      Excluir
    6. Manda essa dica pro Baço, já que ele diz entender as letrinhas mas não o significado. E pelo jeito Lemos,... vc precisa de uma reciclagem! Capricha!

      Excluir
    7. O Baço já aderiu a terceirização!: contratou esse tal de Lemos pra responder aos anônimos! O rapaz é esforçado! KKKKK

      Excluir
    8. O Lemos gosta de tretar, mas no fundo é um otimista. Porque perde tempo com idiotas como vocês. Não é o meu caso. Ficar de trololó com cretinos do vosso baixo calibre é uma coisa para a qual eu não tenho pachorra. Ele, pelo contrário, parece ter...

      Excluir
    9. Essas 3 linhas de texto, contradizem o que acaba de escrever!
      "Piada pronta"!!!!!!!! KKKKK

      Excluir
  4. O roteirista do filme Beleza Americana, antecipou esse estudo há 18 anos. Pior é q o personagem homofóbico do filme é um militar, bem ao estilo Bolsonaro. No final da trama ele sai do armário e parte pro ataque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Didático. Mas é melhor baixar as referências culturais ou ainda explodes a cabeça de algum bolsominion.

      Excluir
    2. Espera... vai pedir pra bolsominion pensar agora? Está vivendo em um utopia?

      Excluir
    3. Acho que mais revelador ainda é o trabalho de Nelson Rodrigues "O beijo no asfalto" que trata do mesmo tema e ainda no século passado e aqui em Pindorama.

      Excluir
  5. Sou homossexual assumido e o Bolsonaro será uma alternativa para o meu voto, se ele for candidato em 2018.
    Entre votar num homofóbico honesto ou num progressista ladrão, fico com a primeira opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não assumes a autoria do comentário, como queres que as pessoas acreditem que és homossexual "assumido"?

      Excluir
    2. Certinho. Vai votar no cara que diz que prefere filho morto a filho homossexual.
      E sei lá, o bolsonaro veio do PP, que é o partido com o maior número de réus na Lava Jato, e passou pro PSC, que é um partido cheio de corruptos e de pastores que enchem o rabo com o dinheiro dos fieis incautos. Esquisito um candidato supostamente honesto estar em um partido desses, não é não?

      Excluir
    3. Você tem que assumir que o comentário do Baço tem lógica, anônimo das 17:21. Portanto, assuma logo e saia do armário do anonimato.

      Excluir
  6. Por essa teoria que vc nos apresentou, podemos concluir que Che Guevara era uma "louca desvairada"?
    E que o Lula, quando fez aquela famosa piadinha sobre a cidade de Pelotas, estava enlouquecida para "tornear um ferro"?

    Com a palavra, a defesa:...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pergunta pros caras que fizeram a pesquisa. As universidades e a revista citadas têm sites. Vai lá e xinga muito...

      Excluir
  7. Como não é usada, não vai fazer falta.

    ResponderExcluir
  8. Há varias coisas a dizer sobre este artigo:
    A primeira delas é sobre Freud, uns dos Cavaleiros do apocalipse. Este cavaleiro tem sua personalidade formada entre a divisão do romantismo e fé da modernidade na razão. Caracterizando o romantismo como uma especie de revolta contra visão puramente racional do homem,e neste ponto podendo até ser comparada a Marx. Freud mesmo denunciando as questões afetivas como motores da racionalidade ou melhor o ID é uma função entre o ego e o super ego,ele buscava a redenção do Homem pela razão ou equilíbrio de sua funções psíquicas. E Neste ponto ainda penso como Nelson Rodrigues, que dialoga profundamente com Freud, dizendo que não existem afetos corretos, o homem chafurda na lama,os romances policiais são sinceros e todos os demais são mentiras, simulacros de nossa humanidade. Sem falar que Nelson Rodrigues tem uma das peças mais lindas e sensíveis sobre esta questão "Beijo no asfalto."
    Então exemplificando, com umas das coisas que refleti algumas vezes: Em o futuro da um ilusão, Freud caracteriza o religioso como um neurótico com fixação na autoridade paterna, digamos que Freud esteja certo, mas pensando com Nelson , não seria o ateu quem sabe uma espécie de anti neurose paterna, uma fixação adolescente no questionamento da autoridade?
    Então primariamente concordo contigo, a homofobia pode sim significar uma defesa para esconder tendências ou desejos homossexuais. Mas não seria o contrario também valido? a necessidade de auto afirmação de movimentos LGBT para aceitação de suas demandas, uma neurose? Uma necessidade exacerbada de aceitação?
    O que acontece que a esquerda? transformou este debate árido, com seu discurso politicamente correto, e usando as armas da esquerda, com seu desconstrucionismo. Este discurso é uma necessidade de verdade? vamos usar Foucault contra esquerda, todo discurso de verdade é um discurso de poder.
    O que seria homofobia? Alguém que discorda por exemplo com algumas das pautas do movimentos LGBT é homofóbico? Tipo alguém que discorda do Kit gay nas escolas, mas aceita o projeto de união civil entre pessoas do mesmo sexo seria uma pessoa homofóbica?
    Eu por exemplo não sou contra união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas tenho reservas com a palavra casamento(pois ela esta intimamente relacionada com um sacramento religioso)e acho que sim as igrejas podem se negar a realizar "casamentos" com pessoas do mesmo sexo.
    Acho que casais gay podem adotar crianças, ou uma pessoas que se dizem homossexuais tb pode adotar uma criança. Mas acho que a família pode sim não aceitar a educação sexual como esta no "Kit gay" em sua escola. Seria eu homofóbico? Eu pessoalmente não gostaria de ter um filho homossexual, eu pessoalmente não vejo beleza nesta opção, sou homofóbico? mas se tiver um filho homossexual paciência vou amar ele igual, se ele trazer seu namorado pra casa beleza, mas não vou achar a coisa mais linda do mundo. Vou tolerar e respeitar, então seria eu homofóbico?
    Jean Wyllis, Bolsonaro e Suplici são personagens caricaturais. elementos do baixo clero , palhaços e ao mesmo tempo inocentes a divertir a plateia, são uma especie de Forrest gump da politica. Nunca seriam boas escolhas, são almas rasas. Ainda prefiro o Temer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu desisti de ler no "prefiro o Temer". Sorte é que comecei pelo final...

      Excluir
  9. Mudando um pouco de assunto...
    Segundo Marcelo Odebrecht, a campanha de Dilma foi "inventada" por ele e que a ex-presidente sabia do dinheiro sujo do caixa dois. Então, chapa Dilma/Temer tem de ser cassada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudando de assunto. O que a diarréia do crocodilo de Bornéu tem a ver com o bater de asas das borboletas na Malásia?

      Excluir
  10. E daí...guenta o cheiro...

    ResponderExcluir
  11. Excelente texto Baço. O Bolsonaro deve sentir falta do cheiro de homem suado de quando estava na caserna. Teus textos são muito bem escritos. Sempre. Porém, eu que sigo tuas fotos no Instagram ouso dizer que tua qualidade como fotógrafo ultrapassa as de jornalista, cronista e taekwondozista , se é que este termo existe. Sonho em conhecer Portugal levado pela arte nas tuas fotografias.
    Abraços,
    Luís.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias, Luís. Não sou fotógrafo. É mais pelas coisas que vou encontrando no dia a dia. Portugal é um país muito bonito e para onde apontes a objetiva vais ter sempre alguma fotografia interessante. Abraços.

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem