sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O legado de Colombo para Joinville

POR CHARLES HENRIQUE VOOS

Com as eleições de 2014 chegando, está na hora de algumas figuras políticas prestarem contas perante a sociedade. O político que precisa dar mais explicações à comunidade joinvilense é o atual governador Raimundo Colombo. Fugindo da discussão muito comum de que "Joinville é a maior cidade e merece mais do que as outras", pretendo, de forma introdutória, analisar o que Colombo deixa como legado para nossa cidade nestes seus quatro anos de governo.

Sendo assim, não existe, em minha avaliação, um governo estadual com resultados tão patéticos para a nossa cidade, superando inclusive as gestões LHS. Escrevo isto pois não é admissível, só para começar, que uma cidade tenha tantas escolas estaduais interditadas durante tão pouco tempo. Antes das aulas começarem em 2013, por exemplo, nove escolas estaduais estavam interditadas na cidade, sem condições de receber aulas. A atual gestão também fechou escolas, como o caso da EEB Monsenhor Scarzello. Soma-se as péssimas condições das escolas, e mais 4 anos sem a construção de nenhuma nova unidade estadual de ensino, mesmo que a população tenha avançado no período. Sem contar a greve dos professores em 2011 que durou 62 dias. Como lembrança, o ex-Secretário da pasta (Marco Tebaldi, de Joinville) é um político com extensa ficha suja.

Raimundo Colombo também é o gestor responsável pelo sucateamento da UDESC Joinville, por mais que isto seja um processo de muitos anos que vem piorando. Não houve, nestes últimos anos, um planejamento para que o campus fosse reformado ou que tivesse um plano de expansão de cursos e de infraestrutura. Um curso novo foi criado, mas os professores tiveram que "passar o chapéu" até acharem salas disponíveis para as aulas.

Colombo é o governador responsável pelos desastres ocorridos nas duas unidades de saúde em que o estado é responsável na cidade: Hospital Regional e Maternidade Darcy Vargas. No Regional, faltou água quente no chuveiro e uma pessoa morreu por falta de leito. Na maternidade, muitas denúncias na imprensa de que médicos estariam forçando mulheres a realizarem partos sem consentimento, e também foi noticiada uma carta de reclamação da classe médica para o Ministério Público, denunciando a falta de condições de trabalho. Tudo sob gestão de Dalmo Claro de Oliveira, "doutor", indicação de seus correligionários de Joinville, e com larga experiência na gestão da Unimed.

O binário do Vila Nova demorou anos para sair do papel. A morosidade das obras deveu-se, em grande parte, pela falta de verbas estaduais. E logo após a inauguração da obra, vários moradores reclamaram de que buracos e outros problemas estavam surgindo na via. Em nenhum momento Colombo conversou com os moradores, ou recebeu algum representante destes em seu gabinete.

Por outro lado, Colombo se mostrou como o governador das entidades empresariais, contrariando seu discurso de campanha em 2008, quando dizia que queria ser o "governador das pessoas". Até Esperidião Amin ouvia mais a comunidade joinvilense. Colombo foi constante nas reuniões e importantes solenidades de entidades como ACIJ, CDL e Ajorpeme. Entre discursos vazios e promessas para os empresários (como a duplicação da Avenida Santos Dumont), uma cidade com centenas de demandas sociais sem resolução.

O que acontece em Joinville certamente não se resume somente a esta lista que é apenas um debate inicial. E certamente não é uma realidade exclusiva desta cidade, pois representa problemas seguidamente noticiados em outras cidades e outras regiões de Santa Catarina, e cada um com sua peculiaridade. A patetice é tamanha que nada parece ter acontecido, de acordo com o conteúdo das primeiras semanas da campanha do atual governador. O legado, infelizmente, é de histórias tristes para a comunidade. Nada mais do que isto.

27 comentários:

  1. Por isso vou votar no PSDB de Paulo Bauer.

    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também ia votar, mas depois de ler isso, vi que o Bauer leva pau até de menininha... http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/bauer-diz-que-nao-alugara-mais-carro-de-luxo-pelo-senado/ Perdeu meu voto.

      Excluir
  2. Triste saber que as eleições em SC estão polarizadas entre Colombo e Bauer... Qualquer um dos dois representa a continuidade desse governo Pífio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um governo longe de ser o ideal, mas, comparado com o governo de outros partidos, em outros Estados...

      Excluir
    2. Seria mais triste se essa polarização fosse entre qualquer um desses e o candidato do PT. A propósito, não acredito que a Ideli Salvatti tem 1/4 das intenções de voto para o senado.

      Eduardo

      Excluir
  3. Eduardo, vamos comparar quem fez mais por Joinville, o Paulo Bauer também foi governador. Só pra te antecipar, Colombo dá um banho nele.

    ResponderExcluir
  4. Cara esses post patrocinados pelo Paulo Bauer não colam... ficam muito na cara... Colombo fez uma boa gestão, muito, mas muito melhor do que Bauer quando foi vice.
    Apelação isso aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu voto não é no Paulo Bauer. Se você diz ser post patrocinado, bem, está muito equivocado.

      Excluir
    2. Meu voto é do Vignatti para que SC se modernize e saia desta mesmice!

      Excluir
    3. Modernidade e PT são palavras dissociadas.

      (Se a “modernidade” em questão tiver associado com a criação de oligarquias, ignore meu comentário e vote feliz no PT.)

      Excluir
  5. Não tem nem comparação, Bauer fez muito, mas muuuuuiiiitooooo menos que Colombo. Se é que fez alguma coisa.

    ResponderExcluir
  6. O Paulo Bauer só do fato de ter sido enquadrado por uma menina de 13 anos, fazendo xuxo no senado, merece perder do Vignatti. http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/bauer-diz-que-nao-alugara-mais-carro-de-luxo-pelo-senado/

    ResponderExcluir
  7. "Post patrocinado pelo Paulo Bauer"? Então só tem Bauer e Colombo disputando o governo catarinense? E ainda que fossem só os dois, criticar a gestão de um implicaria, necessariamente, estar à serviço do outro?

    ResponderExcluir
  8. Nos últimos 4 anos a única região do estado que não viajei com frequência foi a sul, devido aos atrasos na interminável obra da BR101. Onde passava notei obras estratégicas (para todo mundo ver) como contornos, duplicações nas cidades polo, acredito que isto renderá muitos votos ao atual governador.
    Em Joinville foi feito o binariozinho do Vila Nova e uns 1/50 da duplicação da Santos Dumont, ou seja, pouco para o porte e necessidades da nossa cidade. Por este motivo acho que os votos aqui serão inferiores aos do último pleito.

    Mas na minha opinião só o fato dele apoiar a Dilma já basta para não merecer meu voto, sem contar que mudou de partido no meio do mandato.

    ResponderExcluir
  9. Gente, Colombo é o pior governador da história de SC! Sem falar no DESCASO total com a saúde joinvilense e com a segurança em nossa cidade! Ele só inaugura ordem de serviço, obra de verdade é muito pouco!
    O pior é ele utilizar dados catarinenses como longevidade, analfabetismo baixo como se fosse mérito dele! Eu votarei sim no Paulo Bauer, até gosto da pessoa do Vignatti, mas não voto no PT. Mas o pior tá votar pra senador, ficar entre Bornhausen, PT e Dário Berger é pra acabar....
    Andy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senador é Sargento Soares 500

      Excluir
  10. Lamentavel ter q ficar entre escolher Colombo e Bauer...SC é o reflexo do que acontece por esse Brasil afora....falam em Mudança...mas continuam os mesmos...e com a Ditadura do voto obrigatório...somos levado ao bréte como animais...e temos q escolher na marra...sem saida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou o primeiro a apoiar o voto facultativo, mas antes os programas de transferência de renda devem ser vinculados ao Estado e não a um governo (ou partido), senão teremos, por baixo, 45 milhões de votos garantidos ao PT.

      Eduardo

      Excluir
  11. Vote nele Dirk ! É um cara de pau e chupa ovo... Só se elegeu por causa do LHS...Agora é 13! Paulo Bauer falando das qualidades de Raimundo Colombo: http://youtu.be/Y7B3wbjN3lk via @YouTube

    ResponderExcluir
  12. É ser muito pobre de cabeça achar que só tem Bauer e Colombo de candidatos... ou Dilma, Aécio e Marina... Temos vários candidatos a governador, ao senado, e a presidente... Anular voto ou votar em branco é ser idiota. E votar naquele que você acha que vai ganhar é ser mais idiota ainda. Pesquisa não é eleição. O desconhecimento dos comentaristas é tanto que tem gente achando que a Ideli Salvatti é candidata ainda, estamos em 2014 e não 2010... Tem gente que fala que vai votar no Bauer e nem sabe quem é o cara...vai votar nele só porque apóia o Aécio.... e de quebra deve votar no balde sujo e no Dalonso... sinto pelo editores do blog por escutar tanta besteira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum dos candidatos de partidos nanicos tem capacidade para governar nada, estão ali para diluir os votos, forçar um segundo turno e angariar apoio para um dos lados nos pleitos de governador e presidente.

      Olhe a Dilma: nunca foi eleita para nada até vencer a eleição à presidência com apoio incondicional do Lula. Antes essa mulher vivia de cargos comissionados nos governos petistas. Hoje ela tem a pachorra de afirmar (usando o próprio exemplo) que a Marina não tem experiência.

      Ideia de girico votar em candidatos do PSTU ou PSOL, por exemplo, pois nem os próprios estão interessados em vencer a eleição, pois sabem que terão que jogar sua alva ideologia no lixo e se submeter ao apoio dos opositores de campanha para um mínimo de governabilidade.

      Você acha que a Marina quer presidir alguma coisa? Essa mulher tem o ego na estratosfera, mas a própria sabe que sua função na política é coadjuvante. O objetivo dela era apoiar Campos, se tornar vice e dar visibilidade ao seu novo partido REDE QUALQUERCOISA – só isso. Hoje ela está se borrando porque sabe que perguntas desconfortáveis sobre o agronegócio (responsável por colocar $ na mesa do governo), casamento gay, legalização do aborto, liberação da maconha e o próprio significado de “sustentabilidade” virão.

      Agora, votar em partido nanico ultra-mega-blaster ideológico como “voto de protesto” é o mesmo que votar nulo ou branco.

      (em tempo, a pessoa que citou Ideli Salvatti estava se referindo a candidatura da mesma para o SENADO em 2014)

      Excluir
    2. Assim como o outro ali em cima, você está bem enganado.... só escuta a própria voz e nem procura uma informação básica... o candidato ao senado pelo PT é o Milton Mendes, Ideli Salvatti foi candidata a governadora em 2010 e ao senado em 2006.

      Sobre votar em partido nanico, não é votar em branco, se no primeiro turno temos opções para escolher, por que votar no que primeiro ou segundo colocado da pesquisa? Isto é idiotice. E conchavos políticos e mudança de ideologia irá acontecer até os fins dos tempos no Brasil, o que muda é a prioridade de cada partido. Foi assim que o PT se destacou-se dos demais, por eleger a prioridade, os mais pobres.

      http://www.tre-sc.jus.br/site/imprensa/noticia/arquivo/2014/julho/artigos/santa-catarina-tem-oito-candidatos-a-governador-e-sete-a-senador/index.html

      Excluir
  13. O que o Charles escreveu aqui é a pura verdade. Mas uma coisa é certa, mesmo assim, Colombo será super bem votado em Joinville.

    ResponderExcluir
  14. Sou mãe e minha filha estuda na escola MAria Amin no aventureiro. Foi péssimo quando a escola foi interditada!!! Mas hoje eu vou direto lá ver a reforma que está ficando linda!!!! Só pelo fato de o governador ter tomado uma atitude na nossa escola, ele vai ganhar meu voto. E tem mais... A rua Tuiuti foi asfaltada também. Pra nós moradores do aventureiro foi uma conquista!!!

    ResponderExcluir
  15. Sou mãe e minha filha estuda na escola Maria Amim no aventureiro. Realmente o fechamento da escola foi péssimo! A escola tava bem feia mesmo... Mas eu sou bem ativa na comunidade e tenho ido direto olhar a reforma lá na escola. E gente, tá ficando linda! Mudei minha opinião sobre o Colombo por que ao menos algo foi feito. E outra coisa que deixou nós moradores do aventureiro felizes foi o asfalto na Rua Tuiuti. Antes era cheio de buracos e agora é outra coisa... Meu voto é no Colombo agora!!!!

    ResponderExcluir
  16. Charles como você mesmo disse:
    "Escrevo isto pois não é admissível, só para começar, que uma cidade tenha tantas escolas estaduais interditadas durante tão pouco tempo. Antes das aulas começarem em 2013, por exemplo, nove escolas estaduais estavam interditadas na cidade, sem condições de receber aulas. A atual gestão também fechou escolas, como o caso da EEB Monsenhor Scarzello".
    Sem querer tomar partido para a atual gestão, como você mesmo escreveu eles tiveram que recuperar todas essas escolas(9)que estavam interditadas, acredito que a anos não se fazia reformas, então pelo menos fizeram alguma coisa.
    Não adianta só criticar e dizer que são todos iguais, tem que ver e analisar o que tiveram que arrumar e pelo menos agora sem medo, pois quando era outro governo não se podia denunciar. Penso que uma mudança de governo agora não é indicada, pois é o dinheiro da população que está em jogo. Já que não aprovaram uma reforma política, onde se sugere aumentar o tempo de governo então que o atual consiga pelo menos uma reeleição. E terminar o que já está em andamento.

    ResponderExcluir
  17. Já que táo requentando matéria, que tal essa? http://blog.diarinho.com.br/em-gravao-bauer-admite-contratao-de-fantasma

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem