segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Udo quer ser governador? Quer sim... e quer muito


POR JORDI CASTAN
Começou o debate. O prefeito Udo Dohler quer ou não quer ser candidato a governador? É um debate sem fôlego e que acaba antes mesmo de começar. Porque ele quer sim. Acrescentaria que quer muito. Quer mais do que quis ser prefeito. O poder inebria e, depois da sua reeleição, o prefeito já acredita que ganhou o pleno direito de ser o candidato do PMDB ao governo do Estado.

Até acredito que não seria tão ruim para Joinville a sua candidatura, ainda que pouco provável. Há quem defenda que, caso eleito, poderia não fazer em Santa Catarina tudo o que não fez em Joinville. Dois pontos merecem destaque aqui. Vejamos:

1. O primeiro é que, para boa parte do Estado, não seria possível identificar uma mudança significativa entre a inoperância do atual governo estadual e a nova advinda do prefeito de Joinville.
2. A segunda é que a inoperância, que hoje fica restrita a Joinville, ganharia dimensão estadual.

Nenhum dos dois pontos parece ser suficiente para alavancar sua candidatura. Pelo contrário. Parecem pouco meritórios e é fácil acreditar que, até dentro do seu partido, haja meia dúzia de nomes acreditando piamente que podem fazer mais e melhor.
 Mas há uma questão interessante.

Caso se confirmasse a candidatura de Udo Dohler, os joinvilenses redescobririam a importância do vice. Até agora o major Nelson Coelho tem sido uma figura decorativa na administração municipal. Ao assumir a Prefeitura teríamos a oportunidade de conhecer o trabalho e a capacidade do nosso vice-prefeito, hoje num papel opaco por causa do "excelente" trabalho realizado pelo omnipresente prefeito.

Aliás, nesse caso seria mais fácil mostrar os logros e os resultados desta gestão. Assim os eleitores catarinenses saberiam o que esperar de Udo Dohler como governador.

4 comentários:

  1. A segunda é que a inoperância, que hoje fica restrita a Joinville, ganharia dimensão estadual.
    É EXATAMENTE O QUE IRIA OCORRER!

    ResponderExcluir
  2. PMDB é a eterna prostituta eleitoral!!!

    Udo sairá como vice de Merisio, está tudo orquestrado nos bastifores!!!

    Tá fazendo este auê todo pra dar um sossega leão no Pinho Moreira.

    Quem viver verá!!!

    ResponderExcluir
  3. É muito provável que ele saia do PMDB para poder concorrer ao governo do estado.

    ResponderExcluir
  4. Pelo que sei, o Udo ainda não se decidiu.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem