sábado, 25 de julho de 2015

Barulho da Chuva #6


8 comentários:

  1. "Eduardo is a bad, bad guy!"

    Vamos lá Eduardo, sabemos que o sr. não é nenhum santo, mas, como dizem, inimigo do meu inimigo é o meu amigo. Faça o que tenha que fazer em prol do Brasil e depois saia de fininho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela sua brilhante lógica, deve apoiar o Estado Islâmico pois é inimigo do Irã e seu potencial nuclear... Essa culpa seletiva é um dos componentes que deixam o Brasil afundado em corrupçãp

      Excluir
    2. Sua lógica não tem sentido, o Estado Islâmico é inimigo do Ocidente, jamais o apoiaria.

      Apoio Eduardo Cunha porque suas ações vão de encontro com as do Executivo. Seu objetivo final é sangrar o PT e minar as candidaturas deste partido em 2016 e, principalmente, a de Lula em 2018. O PT errou em mudar a matriz econômica em 2009, hoje vemos o resultado de tamanho intervencionismo. O PT não pode vencer as próximas eleições, por isso o meu apoio (e o da torcida do Flamengo) para o presidente da câmara.

      Excluir
  2. Espero que ele complique ainda mais o Governo Federal e mostre ao Executivo que, embora vivamos numa democracia incipiente, o Brasil não é nenhum grêmio estudantil. Ainda, nunca se trabalhou tanto na câmara e tantos projetos pendentes foram analisados e votados. A queda de Eduardo Cunha só traria alguém muito próximo ao governo que priorizaria a agenda do Executivo, por mais esdruxula que fosse. Não devíamos facilitar a vida de quem fez o Brasil perder uma década

    Eduardo, Jlle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado que o Eduardo Cunha diz que está "tirando esqueletos do armário e colocando em votação". Se perder, ele coloca em votação de novo, até que passe. Além do mais, ele tem colocado alguns esqueletos no armário, como o requerimento para investigação de 28 deputados, incluindo ele mesmo. Aí fica fácil, né?!

      Excluir
    2. Ele coloca em votação uma vez e não passa, então ele coloca a mesma pauta outra vez e, "tchan!", passa, por quê?

      Porque ele solicita a alteração e a adaptação das pautas em comum acordo com o colegiado, não há nada de ilegal nisso. Quando o presidente da câmara era filiado ao PT, ele fazia o mesmo que o Eduardo Cunha está fazendo: engavetava as pautas contrárias ao governo e tentava aprovar as favoráveis uma, duas vezes. O PT só está provando do seu próprio veneno, de novo.

      Eduardo, Jlle

      Excluir
  3. Como foi dito acima, era previsível que os revoltados anônimos on line (o que mais aparece por aqui) apoiariam Eduardo Cunha ou até mesmo Hitler e Mussolini, desde que estivessem contra o PT. Como dizem, a terceirização do ódio faz com que esta legião de analfabetos funcionais seja patética.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vais perder a boquinha, Sérgio!

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem