quinta-feira, 19 de março de 2015

Beijo entre mulheres acende debate... (1)













13 comentários:

  1. Meu filho tem seis anos e não preciso explicar nada a ele, porque ele cresce e é educado em um lar e em uma família que não se escandalizam com demonstrações de amor e afeto, independente do sexo e do gênero: para ele, um beijo entre pessoas do mesmo sexo tem exatamente o mesmo significado que um beijo entre pessoas de sexos diferentes.

    ResponderExcluir
  2. Em casa somos uma família liberal, conversamos sobre tudo com nossos filhos. Certo dia, numa viagem em São Paulo, num shopping, vimos um casal de dois homens com as mãos dadas andando em nossa frente, até que eles se beijaram, uma bitoquinha, nada demais. Nosso filho, então com 4 anos, questionou ao pé do ouvido sobre aquela cena, quando minha esposa explicou que ambos se amavam e só estavam demonstrando um para o outro. A reação do piá foi de estranhamento, como se visse aquilo como algo fora de algum padrão.

    Hoje ele tem 8 anos, provavelmente nem se lembra dessa cena. Mas toda vez que eu vejo discussões como as que o autor apresentou, lembro da reação do meu piá e penso: como pode um ser tão tenro e puro demonstrar certo estranhamento a atos tão comuns de carinho? O que tinha de diferente para tamanho estranhamento? Óbvio que a aceitação passa pela educação e informação, mas antes disso, será que temos em nossos “genes” algo que nos defina, um padrão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim , geneticamente fomos "programados" para nos reproduzirmos para perpetuar a espécie ...

      Excluir
    2. Bom, Marcos, se você foi "programado" pra só trepar quando quer fazer filhinho, o problema é seu. Mas eu lamento por você e lhe digo uma coisa: você está perdendo uma boa parte da diversão, que é só trepar sem compromisso.

      Excluir
  3. "longe de mim ser homofóbico". Claro, longe, longíssimo.

    ResponderExcluir
  4. bom caminho que estamos "evoluindo" ...
    ... continuem assim e logo até o incesto vai ser moralmente aceito ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, Marcos Roberto, a fantasia é sua.

      Excluir
    2. Longe de você ser homofóbico

      Excluir
  5. Classificação indicativa da novelas das 9 horas é de 12 anos, ou seja crianças de 9 e 11 anos não podem assistir. Quando eu tinha esta idade meus pais diziam que quando acabava o jornal nacional eu deveria ir dormir. Se o pai deixa o filho assistir a novela, que arque com a consequência de explicar o que está passando. Se o cara acha normal passar uma atriz pelada na novelas das 9 horas e fica ultrajado com um beijo gay, ele com certeza é homofóbico.

    ResponderExcluir
  6. 11 anos e vendo novela das 21h? Que espécie de pai é você. Vai lá e late mais vai.

    ResponderExcluir
  7. Então tá, deixar a criança assistir a uma mulher assassinar a sangue frio o amante, depois de ver diversas cenas de sexo entre os dois, na boa. Agora um beijo singelo, sensível entre duas pessoas que se amam aí já é vandalismo... Por que será que eu não acho estranho a moralidade seletiva dessa gente :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu me reservo o direito constitucional de ficar calado

      Excluir
  8. https://www.youtube.com/watch?v=bBW8g64Vzf8

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem