segunda-feira, 4 de maio de 2015

Quando o ruim é ainda mais ruim

POR JORDI CASTAN


Há uma certa disputa para identificar qual tem sido a pior administração dos últimos tempos. A disputa não se limita ao âmbito local. Vai também ao nível estadual e, especialmente, ao federal, onde os ânimos andam acessos e há apoiadores fervorosos deste ou daquele candidato.

No nível municipal, é preciso voltar décadas no tempo, para encontrar um prefeito que seja reconhecido pela maioria como um bom gestor. O problema é que as nossas referências são muito pobres - mais que pobres, são paupérrimas. Andamos como Diógenes na busca de um administrador honesto. Que seja competente já é esperar demais. Nos contentamos com tão pouco que é só olhar os nomes que estão começando a se assanhar para 2016.


A lei de Murphy explica que não há nada tão ruim que não possa piorar. À luz dos nomes que circulam pelos bastidores, Joinville tem uma relação de amor apaixonado com a dita lei. Seguiremos, como Diógenes, buscando um homem honesto. A história não menciona se desistiu de buscar um que fosse competente.

O filosofo é poeta latino Lucrécio definiu muito bem a atual situação que estamos vivendo. Explicava ele,que os tolos acreditam que a maior montanha que existe é a mais alta que conhecem, e não imaginam que possam existir outras maiores, porque seu mundo não vai além dos limites da vila. 


Ao avaliar as coisas unicamente a partir do que já conhecemos, a nossa capacidade de juízo e avaliação fica comprometida. Prevemos soluções para a pior situação possível, sem entender que, do mesmo modo que há montanhas mais altas que o Morro da Tromba e rios mais caudalosos que o Cubatão, também os problemas que Joinville enfrenta poderão ficar muito piores do que já estão. Basta que sigamos elegendo mal os nossos administradores.

Nos preparamos para o pior conhecido, sem perceber que o próximo prefeito poderá ser pior que o pior que já tivemos. Assim enfrentamos continuamente o paradoxo do chamado "pior possível". Ou seja, o pior conhecido é superado por outro ainda pior. E isso sem falar na corrupção, em que cada novo escândalo é ofuscado por outro maior, mais desavergonhado e com mais gente importante envolvida

Corremos o serio risco de que a frase: "Não pode ser pior" nos remeta a padrões tão terríveis que não estejamos preparados para enfrentá-los e sejam ainda muito piores que os que até agora conhecemos.

17 comentários:

  1. Os melhores gestores até agora foram Wittch Freitag, Luiz Henrique da Silveira e Marco Tebaldi.

    Esses ao menos fizeram planejamento e obras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Freitag endividou o município no tempo em que os militares permitiam e, após ele, só quem teve a "criatividade" de "pedir" ao IPREVILLE que "comprasse" o patrimônio da prefeitura e, após isso, alugasse a mesma, é que sobreviveu (olha o inventor da pedalada fiscal, ai, gente);

      LHS só não vendeu a Cidadela Cultural "Antártida" pro Ipreville por que o Jordi não conseguiu, na época, a escritura, senon, tinham(sic) dado mais esta "pedalada" nas contas da prefeitura...

      Tebaldis, foi, hora, o pior do piores. O´concur, com certeza. Nunca, na história deste país, um sistema de informática custou tão caro... Quem entende de PD sabe que, com 10 pila se compra(sic) um bom programa de contabilidade... Graças à DEOS o Colombo descobriu isso antes de um tal secretário da educação, do seu primeiro ano de mandato, conseguir licitar +1 sistema de informática. Não me pergunTEm que foi o que apareceu no B.o. que eu nÃo sei Lhufas DE quem falam vocês...

      P.S.
      - Jordi, sabes se conseguiram aquela escritura que tu deixou tudo certim, quando fez parte do governo do Rei das Pedaladas do Ipreville?

      Rá-Rá-Rá!

      Excluir
    2. Melhor prefeito que tivemos:

      CARLITO MERSS!

      Excluir
  2. Jordi é mais piadista que o Sandro Cão. Se esforça pelo menos. É menos pior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Piadista? O humor no blog é exclusividade do cão e dos politicos

      Excluir
  3. Estas a te cagar. Vai dar o alemão de novo e tu virás com aquele papo de menos pior. Não enganas ninguém.

    ResponderExcluir
  4. As cidades deviam ser divididas em três fatias, cada prefeito come uma. Depois iríamos ver qual parte sobrou inteira, planejada etc

    ResponderExcluir
  5. As cidades deviam ser divididas em três fatias, cada prefeito come uma. Depois iríamos ver qual parte sobrou inteira, planejada etc

    ResponderExcluir
  6. https://www.youtube.com/watch?v=VX3lz5ph8A0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa tem que ver mesmo. Muito boa!!!!

      Excluir
  7. Ser pobre é ruim?! Fiquei ofendido...

    ResponderExcluir
  8. Tem denúncia ai nestes comentários. Te manifesta Jordi. Figueiras e Ipreville. Geston do Jordi. Humnmm

    ResponderExcluir
  9. Ouso concordar que Carlito foi o melhor. Já se sabia que não faria nada e realmente não fez. Atendeu às expectativas.

    ResponderExcluir
  10. Assistindo aqui o PSDB tirando benefícios dos... ops... é o PT mesmo???
    Assistindo aqui o PT tirando benefícios dos trabalhadores. Partido (traidor) dos Trabalhadores.... Itaú e Bradesco em festa com Lula e Gilma....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. E o PSDB sendo demagogo dizendo que está contra a medida por que está "do lado" dos trabalhadores. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem