terça-feira, 12 de junho de 2018

Lula leu 21 livros em 57 dias. E os botocudos puseram a boca no mundo...

POR JOSÉ ANTÓNIO BAÇO
“Lula leu 21 livros em 57 dias”.
Só num lugar dominado por gente atrasada o tema podia virar polêmica. Mas esse lugar existe. E nem sou eu a dizer. Uma pesquisa divulgada no ano passado revela que a população brasileira é a segunda, entre 38 nações investigadas, com maior dificuldade em entender a própria realidade. Sempre foi assim, mas as redes sociais tornaram essa evidência gritante.

E por falar em social media, foi justamente no Twitter que o tema dos livros lidos por Lula ganhou força. A coisa acabou mesmo no plano da aritmética. Uma moça de nome Bruna Luiza produziu a seguinte pérola: “Se cada livro tem 150 páginas (o que é pouquíssimo para um livro normal), são 3150 páginas. Lula teria que ler 55 páginas por dia. Qualquer pessoa que costuma ler sabe que isso é irrealista, especialmente para um semi-analfabeto”. Viu?

Ora, é apenas ranço, preconceito e aquilo que podemos chamar ignorância petulante. O Brasil é um país onde persiste a lógica do apartheid social (ricos de um lado e pobres do outro) e ter um curso superior faz muita gente acreditar que é superior. Essa falta de noção faz com que muitos se sintam com autoridade para chamar o ex-presidente de analfabeto – ou semi-analfabeto, como no caso da moçoila.

É fato. Num país como o Brasil, onde a educação sempre foi privilégio, o diploma ainda funciona como elemento de distinção. Mas a verdade é que o país está cheio de obtusos com diplomas. Todos sabemos que, na prática, há pessoas que obtêm um canudo sem terem lido pelo menos dois míseros livros inteiros (se duvida, fale com algum professor). Tudo o que essas pessoas têm são noções epidérmicas sobre os fatos.

A ignorância petulante é resultado desse mal calculado complexo de superioridade. É uma auto-ilusão que leva as pessoas a se imaginarem num patamar intelectual elevado, quando, muitas vezes, estão abaixo disso. Muito abaixo. É o que mostra o caso da moça do Twitter, que considera irrealista ler 55 páginas num dia. Ah, minha cara Bruna Luiza, nem sempre é fácil entender que as nossas limitações são apenas nossas.

O preconceito impede de ver as coisas mais óbvias. Se uma pessoa se julga melhor que as outras apenas porque lê (e aqui há muito a questionar) ou porque tem um diploma, então ela é parte do problema. Aliás, é  um saco ver analfabetos funcionais - que às vezes sequer funcionam – arrotando superioridade apenas porque têm um canudo. Eita papo botocudo.

Enfim, parece muito provável que o ex-presidente tenha lido os tais 21 livros em 57 dias, até porque tem tempo de sobra. E, para finalizar, fica a dica: não tenho receio de afirmar que Lula entende mais de economia do que muito economista, de sociologia do que muito sociólogo, de administração que muito administrador. Entendedores entendem...

É a dança da chuva.


25 comentários:

  1. Concordo contigo Baço! Acho que, além dele ter lido esses tais 21 livros, tenho plena convicção que ele não é o proprietário do sítio e nem do triplex, não cometeu ato algum de corrupção em seu governo e, certamente, é a alma mais honesta desse país!


    "Uma pesquisa divulgada no ano passado revela que a população brasileira é a segunda, entre 38 nações investigadas, com maior dificuldade em entender a própria realidade."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inauguramos agora, em Pindorama, os fiscais de livros lidos por ex-presidentes.

      Excluir
  2. "Enfim, parece muito provável que o ex-presidente tenha lido os tais 21 livros em 57 dias, até porque tem tempo de sobra. E, para finalizar, fica a dica: não tenho receio de afirmar que Lula entende mais de economia do que muito economista, de sociologia do que muito sociólogo, de administração que muito administrador. Entendedores entendem..."

    Mais uma da série: Grandes Pensamentos do Pacheco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... sorte ter admiradores inteligentes quanto tu.

      Excluir
  3. O amor do Baço pelo Lula é algo impressionante, deve ser pq hoje é dia dos namorados. Já ajudou na vaquinha da eleição do teu love?? Aproveita para levar umas mantas para Curitiba, inverno vai ser bem frio por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... que falta faz viajar. Essa coisa de dia dos namorados no 12 de junho é só no Brasil. No mundo inteiro é em outro dia. Pessoal da província é triste...

      Excluir
  4. Acredito que, entre os países em desenvolvimento, os brasileiros sejam o povo com maior dificuldade de entender sua realidade. Afinal, segundo números do Data Foice, 30% da população ainda está disposta a votar em um criminoso encarcerado com mais seis inqueritos nas costas - isso é muito eloquente diante o caos econômico e institucional deixado pelo partidão sindicalista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juro que li. Está tudo lá... uma palavra atrás da outra. Mas o que escreve não significa absolutamente coisa alguma. Da próxima vez experimenta a língua portuguesa.

      Excluir
  5. Eu acho que o cálculo da moça está correto. Vejamos:
    O próprio Lula disse que prefere usar um esteira a ler livros (“que é chato!”), e o capo conseguiu uma esteira no xilindró, então:

    Esteira - (- Pinga + Livros) = Esteira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo por que não assinas essas coisas. Eu também teria vergonha.

      Excluir
  6. Ô Baço, ninguém aqui acredita que esse homem leu 1 (um) livro na vida. Nem você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz. És uma gênia, moça. Mesmo a 10 mil quilômetros de distância consegues ler o meu pensamento. És uma vidente.

      Excluir
  7. Uma jaula fria, um bom lugar pra ler um livro, e o pensamento lá no Guarujá..

    ResponderExcluir
  8. Lula lendo e afastado do álcool e da corrupção!
    Será este um caso único até então no Brasil, em que a cadeia está recuperando um marginal? Milaaaagre Senhor!

    Ps.
    Nesse ritmo, ao final da pena, Lula se tornará o maior sociólogo, economista e administrador que esse país já viu, à julgar pela montanha de livros lidos!
    E pelo visto, o Pacheco não tem dúvidas disso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto gostas de personagens literários, né Míchkin?

      Excluir
  9. Sendo assim, acho que os militantes que bradam todo dia pela manhã o famoso "Bom dia presidente Lula", deveriam fazer mais silêncio, pois como numa biblioteca, não tem como se concentrar na leitura assim!

    Esse Lula é mesmo um orgulho pro Brasil-il-il!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? É um comentário idiota que só pode levar a um raciocínio: não deves estar assim tão habituado à leitura.

      Excluir
  10. Desses 21 livros lidos, imagino que o primeiro tenha sido a cartilha "Caminho Suave".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Credo. Caminho Suave? Tu é velho para caralho, meu.

      Excluir
  11. "Lula leu 21 livros em 57 dias. E os botocudos puseram a boca no mundo..."

    Mal acabei de ler o título do texto e já pus-me a gargalhar! Esquece a publicidade! Tua aptidão é o stand comedy!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui. Uma coisa é certa: a tua aptidão decididamente não é o inglês: stand comedy é diferente de stand-up comedy. Ou seja, inteligência do teu lado? When pigs fly...

      Excluir
  12. Ora essa, só porque o Lula está lendo que nem um condenado, todos se espantam!

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem