quinta-feira, 21 de junho de 2018

O Brasil exportando escrotice para a Rússia (vídeo)

POR LEO VORTIS
Até pouco tempo o mundo vivia apenas com os conceitos de esfera privada e esfera pública. Mas o desenvolvimento da internet e das redes sociais levou a um terceiro patamar, a esfera digital. A exposição das mensagens tem um novo alcance e obriga a um outros comportamentos.

Há um novo quadro midiático. Em outros tempos havia coisas que permaneciam no âmbito das conversas de bar, sempre em circuitos fechados, e nunca chegavam ao julgamento público. No entanto, extrapoladas para o mundo digital hoje adquirem outra exposição e podem fugir ao controle.

É o caso dos brasileiros na Rússia, que estão a dar exemplos de machismo, homofobia e outras escrotices. O que antes passava por simples javardice na esfera privada, adquire outro valor quando transposto para a esfera digital. E os julgamentos são implacáveis (de forma justa, diga-se).

É interessante que a cada dia aparecem novos filmes que são mais do mesmo. Tudo isso prova a incapacidade que essas pessoas - endinheiradas e aparentemente “educadas” -  têm de lidar com as novas tecnologias. Mas, principalmente, parecem ter problemas em interpretar valores e entender outras culturas. Se são escrotos no Brasil, devem entender que o mesmo não se aplica a outros lugares. 

O filme a seguir traz alguns episódios que estão a chocar os brasileiros - nem todos os brasileiros, claro -, mas é importante lembrar que isso não vem de hoje. Essa gente endinheirada que veste amarelo acha que pode tudo. E estes episódios pedem um pulinho ao nem tão distante ano de 2014.




18 comentários:

  1. É, foi escrotice. Escrotice típica de mesas de bar, como o autor bem disse. Só espero que as “escrotices” que o autor por ventura disser “numa mesa de bar” não sejam gravadas, lançadas na web e julgadas por babacas hipócritas que não pensam duas vezes em apontar o dedo para as “escrotices” dos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. Você não deve ter lido o texto, Anônimo. Lá tem uma parte que localiza "em outros tempos". 2. No caso destes vídeos, foram eles que gravaram e fizeram o upload para as redes sociais. Só quem acredita que a escrotice é socialmente aceita faz uma coisa dessas. 3. Se os próprios caras estão pedindo desculpas, a sua defesa deles não é apenas desnecessária, mas mostra uma segunda layer de escrotice. 4. Passe bem.

      Excluir
  2. Fale mais sobre cultura russa.
    Além destes q veste amarelo fale daqueles que vestem vermelho e falam sobre o grelo duro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não falei em cultura russa no texto. E se não falei, então o "fale mais" não se aplica.

      Excluir
    2. Vou te ajudar Leo:
      "É o caso dos brasileiros na Rússia"...
      " parecem ter problemas em interpretar valores e entender outras culturas"

      Excluir
    3. Anônimo21 de junho de 2018 12:44

      "Fale mais sobre cultura russa.
      Além destes q veste amarelo fale daqueles que vestem vermelho e falam sobre o grelo duro."

      ALGUNS DESSES anônimos que bostejam no Chuva Ácida PELO VISTO se ofendem muito quando é demonstrado que seus colegas de camiseta auri-verde paneleleira são expostos com seus preconceitos e engodos patifes e sexistas, ao invés de criticarem os outros paneleiros manfestoches, ou ao menos de tentar justificar de algum modo coisas injustificáveis, preferem tentar comparar o que é muitíssimo menor e que não foi feito pra se enganar ou aproveitar da boa vontade alheia, algo não-golpista, diferente desses horrorosos golpes dos vídeos constrangedores e preconceituosos, aliás, de golpes e praticar preconceitos imensos os manifestoches auri-verdes entender muito, possuem vasta prática...
      A coxinhada auri-verde paneleira zumbi anônima aqui do Chuva Ácida se ofende muito quando vê outros de seus colegas político-ideológicos sendo expostos em sua ignorância e estupidez, pois são tão pilantras e preconceituosos quanto os coxinhas que estão fazendo esses vídeos na Rússia; é a empatia de racistas, sexistas e outros precocneituosos com outros sexistas-racistas-preconceituosos.

      Excluir
    4. Quanto ódio, Guilherme!
      Esse discurso do ódio não passará.
      Odiadores não passarão!

      Excluir
    5. Não estou a discutir se a situação é boa ou ruim, se ela é adequada ou não a qualquer tipo de cultura.
      Guilherme, o problema é a generalização, assim como estas a fazer e como o problema é analisado dependendo do emissor, ou seja, dois pesos e duas medidas.
      Mas se queres realmente saber minha opinião ai vai...
      Brincadeira sem graça, que só um bando de bêbados incentivados pelo comportamento de manada fariam.
      Senti vergonha pelos caras, no mais a discussão é válida para concientizar.

      Excluir
  3. "Pelotas é uma cidade polo ne? Exportadora de viados."
    Luiz Inácio Lula da Silva

    Aguardo o textao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aê, Leo. O cara pensa que é teu editor. E já está te pautando. Santa pretensão!

      Excluir
  4. Rodrigo Tomaselli22 de junho de 2018 17:53

    "É o caso dos brasileiros na Rússia..."
    Generalizações são problemáticas. Todos os brasileiros na Rússia estão tendo esse comportamento? ALGUNS colunistas do Chuva Ácida pecam imensamente nesse sentido, principalmente quando a classe social e/ou opinião política/ideológica vai de encontro a deles.

    No mais, concordo que esses comportamentos são dignos de censura e crítica.

    Aguardo um texto criticando o comportamento de brasileiros não endinheirados e supostamente não educados, que tem no Brasil o mesmo comportamento imbecil. Acredito que haja um montão desses vídeos na internet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem falou em todos foi você. Eu estou falando dos que aparecerem nos vídeos. Mas o teu "ALGUNS" sim parece ter uma generalização.

      Excluir
    2. Rodrigo Tomaselli25 de junho de 2018 08:01

      Quando você falou dos brasileiros na Rússia, você generalizou. Novamente afirmo que deixou uma porta aberta, fazendo crítica a todos os brasileiros na Rússia. Pois sim, como concordei com seu texto, há aqueles que estão fazendo um monte de besteiras. Mas há aqueles que estão postando coisas legais também.

      Eu ter falado em alguns, não é uma generalização. Seria se eu tivesse falado "Todos", ou então deixado apenas "Os colunistas do Chuva Ácida"...". O que eu fiz, intencionalmente, foi deixar oculto os nomes dos colunistas que acho que generalizam suas opiniões.

      Excluir
    3. Olhaê, Rodrigo. Podes escrever "um texto criticando o comportamento de brasileiros não endinheirados e supostamente não educados, que tem no Brasil o mesmo comportamento imbecil". Manda que a gente publica.

      Excluir
    4. Léo, há generalização sim quando diz "Essa gente endinheirada que veste amarelo acha que pode tudo".

      Excluir
    5. Rodrigo Tomaselli26 de junho de 2018 07:59

      Baço, muito obrigado pelo convite. Mas dessa vez declino da sua oferta. Quem sabe em uma próxima vez.
      De qualquer modo, eu iniciei a provocação para que alguém do Chuva Ácida o faça.
      Muitas críticas são vistas por aqui sobre sobre divisões de classe (incluo nessa frase os comentário aos textos). E está muito fácil para aqueles que fazem essas críticas, tomarem apenas um lado da história.
      O que vive-se hoje está além de divisões de classe, ou alinhamentos políticos. Há uma falta de vergonha na cara, à direita e à esquerda do espectro político (com o centro devidamente incluído). Poucos são os que se salvam.

      Excluir
  5. Quero ver quando começarem a exportar o funk carioca (que de “funk” tem só o nome), aí tu vai ver o que é escrotice.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem