sexta-feira, 25 de maio de 2018

Efeito Dunning-Kruger: os idiotas não sabem que são idiotas

POR JOSÉ ANTÓNIO BAÇO
“Como essa gente fazia para passar vergonha antes da internet?”. É uma pergunta que muitas pessoas fazem no dia a dia. Afinal, as manifestações de idiotia ganharam uma proporção desmesurada com a world wide web e, em especial, as redes sociais. Não por acaso a expressão “vergonha alheia” entrou para a fraseologia do dia a dia dos falantes de língua portuguesa. Mas a ciência tem uma explicação: os idiotas não sabem que são idiotas.

Já ouviu falar no Efeito Dunning-Kruger? É um fenômeno identificado pelos investigadores David Dunning e Justin Kruger há algum tempo, quando trabalhavam na Universidade de Cornell, nos Estados Unidos. O que é o tal efeito? Simples. É uma situação muito comum nos dias de hoje: as pessoas com poucos conhecimentos acreditam saber mais do que as pessoas melhor preparadas.

É mais ou menos o seguinte: quando você entra numa discussão (acontece muito no online), uma pessoa que se informa pelas redes sociais, em especial Whatsapp e Facebook, acha que tem uma capacidade de argumentação superior a alguém com um doutorado, por exemplo. Dominadas pelo anti-intelectualismo, as redes sociais fizeram tábula rasa do conhecimento. E o resultado é a ideia de superioridade das pessoas menos cultas. Ora, sem meias palavras: são os ignorantes.

Uma pessoa com maior instrução (não estou a falar de educação) sabe que tem muitos vazios de conhecimento a preencher. O que, muitas vezes, chega a provocar insegurança. Já os indivíduos de pouco conhecimento não têm dúvidas. Só certezas. Ou seja, a incompetência destes últimos os impede de reconhecer as suas próprias limitações. É o que Dunning e Kruger denominaram “superioridade ilusória”.

O mais curioso no estudo dos dois pesquisadores é a constatação de um fenômeno que afeta os melhor preparados. Por identificarem muitas lacunas no próprio conhecimento, essas pessoas acabam se sentindo uma espécie de fraude. E passam a sofrer daquilo que Dunning e Kruger chamaram “síndrome do impostor”. Eis a conclusão: a ignorância gera confiança (ilusória, claro) e o conhecimento gera dúvidas.

O estudo se ocupou de tão distintas como raciocínio lógico, compreensão de texto, conhecimento financeiro, matemática, inteligência emocional, xadrez e até dirigir automóveis. O resultado foi de que as pessoas menos preparadas têm dificuldades em reconhecer a própria incompetência, ao mesmo tempo que falham ao reconhecer as qualidades das pessoas mais preparadas.

Onde já vimos isso? Ora, Dunning e Kruger investiram enorme tempo e recursos da universidade em pesquisas. Mas talvez nem fosse necessário. Era só dar uma passadinha nas redes sociais. Ou dar olhada nos comentários anônimos aqui no Chuva Ácida. 

É a dança da Chuva.

A seguir, um filme sobre o Efeito Dunning-Kruger.





10 comentários:

  1. Quanto ódio daqueles que pensam diferente de você...

    “Aff... Chega desse discurso do ódio que não leva a lugar nenhum, gentem!”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem a certeza de que o comentário está no texto certo?

      Excluir
  2. O assunto é incompetência? Ok.
    Qual é o grau de incompetência de um blogueiro que praticamente sem leitores, que responde de forma patética os comentários contrários a sua opinião (que são 99% dos comentários)?
    Senhor Pacheco, teus pais devem morrer de orgulho.

    ResponderExcluir
  3. Uaaaaaah! Tédio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cérebro tão lento que até as repostas são copy-paste...

      Excluir
  4. Mas e a greve dos seguidores da Sula Miranda, ninguém fala nada?

    A esquerda, tadinha, já era bitolada e atrasada, agora então tá perdidinha...

    “É greve, gente! Nós, da esquerda apoiamos toda e qualquer greve!!!”

    Mas a greve vem dos apoiadores do Bolsonaro…

    “Ops! Nós não apoiamos greve do mal, só greve do bem…”
    “(mas onde estão a porra dos sindicatos, gente?)”

    O pior é que nós, liberais, temos que conviver com os desmandos de imbecis da extrema esquerda (que querem adoradores de ditadores e presidiários na presidência) e da extrema direita que não sabem que quem destruiu a Eletrobras e a Petrobras com políticas de congelamento de preços (e agora estamos pagando a conta) foi a mulher sapiens, não este governo.

    Êta gente burra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. Tava sem lugar para comentar sobre a greve, né? 2. O Chuva Ácida tem essa função social. Se ninguém quer ouvir as tuas baboseiras, a gente publica. Democracia é democracia. 3. Mas em troca desta gentileza podias começar a ler os textos publicados. 4. O teu comentário não tem nada a ver com Dunning e Kruger, mas tem muito a ver contigo.

      Excluir
  5. Não deixa de ser incrível o que a internet trouxe à baila. Novos estudos sobre o ser humano mediano precisam ser feitos para entender melhor essa espécie.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem