segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Menos ruim ainda é ruim

POR JORDI CASTAN

Uma vez sim e outra também aparecem comentários no blog afirmando que o mesmo contribuiu para a vitória do prefeito Udo Döhler. Como se o blog fizesse parte dessa mídia sambaquiana movida a margarina e afagos. Primeiro, é bom lembrar que o Chuva Ácida não tem essa importância toda, não tem a capacidade de influenciar uma eleição. Segundo e não menos importante, não há no blog uma unicidade de pensamento, assim teria sido difícil convencer aos outros co-bloggers de assumir uma posição pro este ou aquele candidato, como linha editorial.

O debate que se colocou era qual seria o candidato menos ruim, pois estava nítido desde o primeiro turno que Joinville teria que escolher a alternativa menos pior, e o menos pior, é bom lembrar, continua sendo ruim. Assim que no segundo turno se perfilaram claramente duas alternativas: o messianismo populista, de que não estamos livres ainda, e o autoritarismo recalcitrante que administra a cidade. Para ajudar a decidir o Sandro Schmidt tirou da cartola da sua criatividade a onomatopeica denominação KCT, que serviu para definir perfeitamente essa coligação de conveniência que conseguiu colocar lado a lado inimigos declarados em nome de uma possível vitória eleitoral. Numa prévia do que espera Santa Catarina nesta eleição, foi a nossa versão caseira do "Topa tudo pelo poder" e que neste ano será reeditado a nível estadual.

Aos poucos a administração do prefeito Udo Döhler vai mostrando a que veio. Começando pela obsessão a qualquer preço de controlar a Câmara de Vereadores, abrindo espaço na sua administração para apaniguados e comissionados indicados ou ligados a vereadores, numa vergonhosa suruba republicana. Uma vez controlado o legislativo é hora de apresentar os projetos de lei que deixarão Joinville mais "moderna". O rebaixamento do meio fio e a permissão de estacionamento na frente dos comércios foi o primeiro. O EIV das áreas alagáveis é o segundo, e há outros na fila.

Joinville avança em direção ao passado, cometendo de novo os mesmos erros que já foram cometidos em nome dos interesses econômicos e especulativos que o prefeito conhece tão bem, pois, de acordo com suas declarações, foi procurado por representantes desses setores. Estamos sentando às bases de uma cidade com problemas maiores e mais graves no futuro próximo pela falta de planejamento e pela priorização dos interesses econômicos de curto prazo. Os resultados não se farão esperar.

28 comentários:

  1. Vocês foram, são e sempre serão responsáveis pela parte que lhes cabe na eleição do fuhrer. Não adianta ficar chateado e ofendido. Quem pariu a criança que o embale. Mediram muito mal o que seria o menos pior, pois entre o demagogo e o autoritário, era óbvio que seria muito mais fácil impor a vontade da coletividade a primeira alternativa. Mas teorias sociológicas furadas a parte, o "poder" do chuva ESTAVA no franco trabalho "voluntário" dos membros do blog nas outras redes sociais, o qual não deve ser subdimensionado.
    Fica claro que tiveram sua parcela de culpa sim.
    Mas que bom que, depois de a fatura paga, com OS TRÊS CONVITES para participar da administração municipal (02 aceitos, 01 recusado e logo depois, 01 arrependimento), continuam com esta visão "critica", porém inútil, pois agora que o "bebê de rosimeri" aprendeu a caminhar, entramos em um caminho sem volta.
    Culpa, também, de vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem aceitou além do Guilherme?
      O Baço não aceitou não é mesmo?

      Excluir
    2. O CHV (Charles Henrique Vôos), foi comissionado vinculado ao Gabinete do Fuhrer responsável pelas Políticas para Juventude. Guento um tempo e pediu para sair. Aliás CHV é pródigo em abandonar governos. Na época do Carlito foi comissionado do IPPUJ e também pediu o boné. Esse foi o 01 dos aceitos que se arrependeu.

      Excluir
    3. Que bobagem anônimo 08:08! Eu votei no Udo não por influência do blog, mas porque a administração dos incomPeTentes estava por demais. O cara que dizia que podia fazer tudo, delirava (provável que na próxima eu vote nele). Não votamos no menos pior, votamos em quem inspirava mais confiança (eu pelo menos). Eu, você e todos sabemos que no frigir dos ovos, todos são iguais. Literalmente é uma merda!
      Eleitora Descontente

      Excluir
  2. Duvido que o blog tenha em algum momento contribuído para a vitória de Udo Döhler. Este blog é escancaradamente de esquerda. Carlito Merss perdeu porque foi um péssimo administrador. Entre um candidato “empresário visionário” e outro que é a “personificação da demagogia”, a população preferiu o primeiro.

    ResponderExcluir
  3. Pior mesmo é continuar com essa rotulagem de Führer. Que visão hein?
    No mais, poderia resumir esse texto em "o Chuva Ácida não tem essa importância toda". Fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sofia,
      Isso mesmo, o blog não tem essa importância toda. Mas há quem insiste em querer que a tenha.

      Excluir
  4. Houveram vários posicionamentos entre os membros do Chuva na eleição passada, mas o que me pareceu dominar foi a neutralidade e mesmo o voto nulo. A preferencia pelo German foi pelo menos pior e pela esperança de uma gestão alinhada por critérios mais técnicos e mais profissionalismo. Porém, como em tudo que junta o PMDB, é a mesmice de sempre, os mesmos personagens e os métodos politiqueiros e de dominação.

    ResponderExcluir
  5. Menos ruim ainda é menos ruim.

    ResponderExcluir
  6. eu já sabia que ia dar m......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não era difícil de prever. As dicas estavam bem a vista. Para 2016 o quadro não vai ficar melhor.

      Excluir
  7. vira o disco Jordi ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disco de vinil tem lado A e lado B, CD não tem lado e hoje a música é virtual não tem nem meio físico. Precisa se atualizar.

      Excluir
  8. Esse governo vai ser ótimo para tirar um monte de ilusão da cabeça do joinvillense.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se este governo servir para isso já terá sido bom para Joinville.
      Desmitificar os heróis com pés de barro é conveniente para a cidade.

      Excluir
  9. Menos ruim é a expressão usada pelo articulista para minimizar seus próprios erros.
    O menos ruim transformou-se rapidamente no pior possível!

    ResponderExcluir
  10. Esquece tudo, Jordi. O Fim do Mundo começou!
    Jesus está voltando! A hora do Julgamento aproxima-se.
    Arrependei-vos, ó pecadores! Os que dos podres roubaram, no buraco da agulha não passarão. Só os elefantes brancos.
    Óia cão, dá uma charge e nem é de chocolate.
    Zé Bolacha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que burro eu sou! Dos "pobres"!
      Burro passa no buraco da agulha?
      Zé Bolacha

      Excluir
  11. A verdade é que qualquer pessoa neutra e esclarecida sabe que perto do messias demagogo qualquer outra opção é boa.

    ResponderExcluir
  12. Só vou dizer uma coisa, a gentalha pendurada em cabides diminui pelo menos 50%. E agora, parece que tem gente trabalhando de verdade Mas sacomé né? Quem perde sempre chia. E antes que alguém desça o sarrafo vou dizer: Não tenho nada a ver com cargos públicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que seria bom revisar a sua conta. O numero de comissionados esta bem proximo do de governos anteriores. Se extinguiu o cargo de supervisor, coisa de pouca atratividade.
      Bom que não tenha nada a ver com cargos publicos...

      Excluir
    2. Não tenho, mas bem que eu queria, rsrsrs é teta!

      Excluir
  13. AI AI AI, SEMPRE A MESMA LADAINHA.. Abre uma igreja Jordi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ter que aturar você como coroinha? Não, obrigado.

      Excluir
    2. Meu Deus é outro,,, dá análise crítica, e não da crítica repetitiva, enfadonha e destrutiva. Não desejo ter em minha Igreja meramente um grupo de politicamente frustrados.

      Excluir
    3. Os caminhos do Senhor são infinitos

      Excluir
    4. Mas nunca foi da frustração.

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem