quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O buraco

POR SANDRO SCHMIDT
Dias atrás, houve uma discussão a respeito dos buracos nas ruas de Joinville: de quem era a responsabilidade sobre os dito cujos. Tenho a solução.

Vamos institucionalizar os buracos da cidade. Ninguém mais irá fechar os buracos. Eles serão patrimônio de Joinville. Serão tombados pelo IPHAN. Quem fechar um buraco na cidade, será multado pelo Patrimônio Histórico da cidade e pela Seinfra.

Os buracos serão catalogados, com sua localização, dimensões, data de abertura. E também serão homenageados de acordo com gestão em que foram abertos. Teremos o Buraco Prefeito Luiz Henrique da Silveira, Buraco Prefeito Marco Tebaldi, Buraco Prefeito Carlito Merss, Buraco Prefeito Udo Dohler.

A Fundema irá fiscalizar os buracos que ficarem cheios de água, pois ali se criaram biomas, onde provavelmente haverá sapos, pererecas, peixes. E, dependendo do tamanho do buraco, talvez até capivaras e jacarés .

Com todos os buracos protegidos em Joinville, o trânsito fluirá mais lento, ajudando os pedestres a atravessarem a rua nas faixas de pedestres já desgastadas.

Quando um novo buraco aparecer, poderemos inaugurá-lo, com direito a políticos de todo o Estado comparecendo a mais uma obra municipal. Chamaremos os padres que adoram abençoar obras da iniciativa pública e privada.

No CDL, ACIJ, AJORPEME, SINDUSCON serão criados grupos de trabalho para ver a melhor maneira de se abrir novos buracos dentro do perímetro urbano. Na Câmara de Vereadores será criado o Dia do Buraco. Comissões e mais comissões irão a Brasília buscar recursos para aumentar e financiar novos buracos. Também teremos um adendo à LOT, permitindo que se faça buracos na Estrada da Ilha, lógico, depois de uma consulta popular.

Para as pessoas mais humildes, será criado, pelo Governo Federal, o programa Meu Buraco Minha Vida, para que todos tenham seu tão sonhado buraco.

Por fim, resolvidos todos esses percalços e toda a comunidade se unindo em torno da preservação dos buracos da cidade, com vontade política e com a benção de Deus, resolveremos de vez essa questão que tanto incomoda a nossa sociedade.

13 comentários:

  1. Pois é. Fico imaginando a dificuldade dos “plutocratas” de Joinville em dirigir seus Maseratis Quattroporte pelas ruas esburacadas de Joinville...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina a dificuldade do presidente da empresa que mais abre buracos nas ruas de Joinville em andar com seu Volvo XC60, deve ser semelhante a dificuldade dele achar uma vaga de estacionamento.

      Excluir
  2. Viva a Buracoville...deu até novela!

    ResponderExcluir
  3. Gostei! Juntou tudo num buraco só ;)

    ResponderExcluir
  4. Vc. ganha a vida produzindo esses testículos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Não.Ganho a vida rindo de trouxas feito você! ahahahahahaha

      Excluir
  5. Parabéns, Sandro. Não conhecia esse seu lado cronista. Claro e conciso. Fina ironia também na escrita.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem