sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Comunicado

POR ANDRÉ BALABAN
Eu, André Balaban, brasileiro, nascido em Porto Alegre e "naturalizado" Joinvilense, casado, pai de dois filhos e um enteado, venho comunicar que DESISTI.


Desisti de tentar convencer que alguém que apoia a tortura não é cristão.

Desisti de tentar convencer que alguém que é entusiasta da ditadura militar não é um democrata.

Desisti de tentar convencer que alguém que é político faz 30 anos não é "renovação".

Desisti de tentar convencer que alguém que nunca tentou ser prefeito ou governador, seja a solução para presidente do país.

Desisti de tentar convencer que alguém que bate continência à bandeira dos Estados Unidos possa defender os interesses nacionais.

Desisti de tentar convencer que alguém que sempre combateu os direitos dos trabalhadores vai dar prioridade para as necessidades de quem mais precisa.

Desisti de tentar convencer que alguém que acha que Hitler "tem diversos pontos positivos" tem alguma humanidade.

Desisti de tentar convencer que alguém que tem um torturador como herói mereça o voto de qualquer pessoa sadia.

E sabe quando eu desisti? Ontem.
"Debatendo" nas redes sociais e tentando convencer um jovem que o "nazismo não é de esquerda", que "o Brasil não vai virar cumunista" e que "a terra não é plana".
 E sabem o que aconteceu? Não consegui fazê-lo mudar de ideia.

Então, tenho que reconhecer meu absoluto fracasso.
 Não vou mais tentar convencer ninguém de nada. Cada um que fique com sua consciência. Todos vocês sabem o que está em jogo.

Dia 28 farei minha parte, votarei 13 por mim, pela minha família, pelo Prouni, Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Luz para Todos. pelo Pré-Sal nosso e tudo mais que foi feito para tirar o país do mapa da fome e colocá-lo um pouquinho mais perto das potências mundiais (sem jamais esquecer todas as coisas erradas que também fizeram).

Na balança entre democracia e autoritarismo, fico com a primeira e todas as suas contradições.

Mais Amor, menos ódio.
 Viva o Brasil.

19 comentários:

  1. Concordo mas não aceito.
    Também não consigo convencer mas vou continuar tentando.

    Aguardemos os comentários dos midiotas.

    ResponderExcluir
  2. Srs.
    Gostaria de aproveitar a audiência do Blog para lançar uma campanha.
    Quero ir para a próxima Olimpíada.

    Não tenho índice olímpico - nem terei, mas pesquisas de Institutos - que normalmente erram, indicam que serei o único em condições de derrotar o campeão mundial.
    Gostaria que vcs me ajudassem nessa campanha e também convencessem o atleta brasileiro que já possui o índice a abandonar e me ceder a vaga...

    Gente, não conseguimos convencer os Bolsominions pq não estamos convencidos.
    A mídia fez o jogo de PT contra Ciro e vice versa apenas para cumprir o ensinamento do Sen Tzu - dividir o inimigo.
    E nós entramos nessa...

    Vamos sacudir a poeira e dar a volta por cima...
    Não pensem que vestir uma camiseta "Não tenho culpa, votei no Haddad" dará algum conforto quando o inverno chegar.

    Saudações democráticas.

    ResponderExcluir
  3. Eu votarei no 17 por menos ódio, menos divisão do "nós contra eles", menos corrupção, menos hipocrisia, menor possibilidade de chegarmos a uma Venezuela, enfim, por um futuro melhor.
    E nazismo, fascismo e comunismo são a mesmíssima coisa, porém um idolatra a etnia, outro o Estado e o último o partido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível essa linha paz e amor vindo de um fascista.
      A favor da tortura e pena de morte e se dizem cristãos.
      Não leio a mesma Bíblia que vcs.
      Jesus misericordioso mas torturado e condenado a morte injustamente por pessoas como esses fascistas sob o argumento de defender a família e os homens de bem.

      Excluir
  4. Mas é difícil convencer alguém minimamente honesto intelectualmente, que lê e que faz associações.

    ResponderExcluir
  5. Andre, como és novo aqui, te preparas para os anônimos, vão insistir que deves convence-los.

    ResponderExcluir
  6. Também Cansei só de pensar em refutar cada uma das afirmações, poderia até fazer se soubesse que não vou se chamado de idiota e burro, como alguns falam por aqui sem dar um argumento. Sem falar que é fácil cansar se não esta disponível para ouvir os argumentos dos outros também.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma viúva da Dilma aqui no Chuva Ácida. Chora mais que tá pouco André. kkk

    ResponderExcluir
  8. André, eu votarei no Bolsonaro 17!

    Se o seu candidato a presidência precisa ir à cadeia buscar orientação de um corrupto condenado, nossa divergência não é política não!... é de caráter!

    HGW XX/7

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A favor da tortura? De matar uns 30 mil, vão morrer uns inocentes? E outras asneiras que envergonhariam um candidato a síndico de um conjunto habitacional de moradias de baixo custo...

      Excluir
    2. Irrefutável, mas... o que os revolucionários das guerrilhas queriam não era implantar uma democracia ou lutavam pela liberdade, mas sim queriam uma ditadura do proletariado como vários integrantes declararam isso como: Gabeira e Eduardo Jorge por exemplo. Mas eles continuam se fazendo de vitima da ditadura sendo que cometeram crimes tão bárbaros quanto. Mas o revolucionários pela história são santos e militares vilões.

      Excluir

    3. Caro HGW XX/7


      Ainda que fascistas queiram, Lula - à luz da CF, é inocente, já que possui dois níveis da estrutura judicial desse país para recorrer.

      Excluir
    4. Fábio, respira fundo e tenta novamente.
      Seu comentário nada tem a ver com a discussão.

      Ou vc tem uma série de textos que vai copiando e colando e acabou se enganando na pressa de defender os fascistas?

      Excluir
    5. O Fabio é meio que o humorista aqui do blog. Meio fora da casinha, um pouco confuso quase sempre. Mas é um sujeito engraçado.

      Excluir
  9. Os anônimos são malandros. Quando a casa cair, ninguém saberá quem eles são. Bando de frouxos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zorak?
      Quem é Zorak?
      E o que vc quer dizer com "Quando a casa cair,..."???

      Excluir
  10. "Desisti de tentar convencer que alguém que acha que Hitler 'tem diversos pontos positivos' tem alguma humanidade.
"
    (André Balaban)

    André, o que você acha então dessa entrevista do Lula, dada para a revista Playboy em 1979? (página 42)

    http://www.folhapolitica.org/2017/03/entrevista-de-1979-em-que-lula-confessa.html?m=1

    Pode ver que não se trata de Fake News, pois a reportagem expões em fotos as 13 páginas da entrevista.

    Segundo Lula, Hitler tinha "aquilo que ele admira em um homem": "o fogo de se propor a fazer alguma coisa e fazer". "Admiro a força, a disposição, a dedicação [de Hitler]", especificou.


    HGW XX/7

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem